Prêmio reverência destaca os melhores do teatro musical

Kiss Me Kate - O Beijo da Megera e Urinal - O Musical são os grandes vencedores

por

22 de julho de 2016

Urinal O MusicalKiss Me Kate – O Beijo da Megera e Urinal – O Musical foram os grandes vencedores da segunda edição do Prêmio Reverência, que aconteceu essa semana, no Teatro Alfa, em São Paulo. A premiação poderá ser vista no próximo dia 03 no Canal Bis, às 22h.

Musicais no Premio reverenciaO evento voltado para os melhores do teatro musical teve Daniel Boaventura e Totia Meireles como apresentadores. Marília Pera foi a homenageada da noite. Foi uma noite de “falta de” disse José Mayer, vencedor na categoria Melhor Ator por Kiss Me Kate, ao reforçar o discurso de Zé Henrique de Paula. Zé Henrique havia agradecido ao Prêmio Zé Renato (de fomento ao teatro) e reforçou o reconhecimento por conseguir fazer com falta de dinheiro um musical que custou R$ 198 mil enquanto que José Meyer enfrentou a falta de tempo, apenas um mês, para a montagem. Ainda assim, Kiss Me Kate venceu em seis categorias e Urinal em cinco, incluindo espetáculo, ator coadjuvante (Fabio Redcowicz), direção musical (Fernanda Maia), cenário e direção (Zé Henrique de Paula). Os cenários de Urinal foram totalmente reciclados de outros espetáculos do Núcleo Experimental de Teatro. Uma vitória da criatividade.

Jose Mayer Premio reverencia“O Prêmio Ponte Aérea”, como definiu Daniel Boaventura, já que a premiação se alterna anualmente entre Rio e São Paulo contou com a presença dos indicados e diversos atores e convidados. A atriz Fabi Bang, vencedora na categoria melhor atriz coadjuvante por Kiss Me Kate, estava afônica e subiu ao palco sem poder falar, se preservando para o musical Wicked, que está em cartaz. Antônia Prado, idealizadora do prêmio, reforçou a necessidade da pluralidade das produções na busca em aumentar sempre o público e que o prêmio chega para somar força com outros.

Fabi Bang Premio ReverenciaOs vencedores da noite foram:

MELHOR ATOR
José Mayer, por Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera

MELHOR ATOR COADJUVANTE
Fábio Redkowicz, por Urinal, o Musical 

MELHOR ATRIZ 
Laila Garrin, por O Beijo No Asfalto – O Musical

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE
Fabi Bang, por Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera

MELHOR DIREÇÃO 
Zé Henrique de Paula, por Urinal, o Musical

MELHOR AUTOR
João Falcão, por Gonzagão – A Lenda

MELHOR COREOGRAFIA
Alonso Barros, por Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera

MELHOR FIGURINO 
Carol Lobato, por Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera

MELHOR CENÁRIO 
Zé Henrique de Paula, por Urinal, o Musical 

MELHOR DESIGN DE SOM 
Marcelo Claret, por Kiss Me, Kate – O Beijo da Megera

MELHOR ILUMINAÇÃO
Paulo Cesar Medeiros, por Nine – Um Musical Felliniano

MELHOR DIREÇÃO MUSICAL 
Fernanda Maia, por Urinal, o Musical

CATEGORIA ESPECIAL
Claudio Botelho, por versões de Kiss Me, Kate – o Beijos da Megera

MELHOR MUSICAL 
Urinal, O Musical

MELHOR ESPETÁCULO VOTO POPULAR 
Mudança de Hábito 
– Time For Fun

O júri foi composto por Janece Botelho (RJ), Macksen Luiz (RJ), Matina Rubin (RJ), Rafael Teixeira (RJ), Ana Botafogo (RJ), Daniel Schenker (RJ), Tânia Brandão (RJ), Paulo Afonso de Lima (RJ), Claudia Hamra (SP), Miguel Arcanjo Prado (SP), Kika Sampaio (SP), Ubiratan Brasil (SP), Lucia Camargo (SP), Claudio Erlichman (SP), Neyde Veneziano (SP), Maria Luísa Barsanelli (SP).