28° Cine Ceará: Debate sobre os curtas na 5° noite competitiva

Curtas contaram com grandes artistas veteranos em seus elencos, como Tonico Pereira, Camilla Amado, Marcelia Cartaxo e Hermila Guedes

por

10 de agosto de 2018

28° Cine Ceará: Debate sobre os curtas na 5° noite competitiva

Diretores dos curtas apresentam seus trabalhos: “O Vestido de Myriam” de Lucas H. Rossi (filme com os artistas Tonico Pereira e Camilla Amado), “Nova Iorque” de Leo Tabosa, na mesa juntamente com seu produtor Arthur Leite (filme com as atrizes Marcelia Cartaxo e Hermila Guedes), e “A Canção de Alice” de Barbara Cariry (filme com as atrizes Teresa Farah, Samya de Lavour e Natasha Faria).

Realizadores abrem o debate falando um pouco mais de suas carreiras e como se engajaram nos respectivos projetos:

O Realizador Lucas Rossi fala um pouco mais sobre seu próximo projeto, um longa de documentário sobre Grande Otelo, produzido por Ailton Franco (curador do Festival Curta Cinema), e desmistifica um pouco rumores sobre filhos de Grande Otelo cujos nomes estiveram na mídia recentemente por matérias mais sensacionalistas do que investigativas:

Diretores respondem ao Almanaque Virtual por seu correspondente e editor-chefe Filippo Pitanga sobre a linguagem de docuficção em seus trabalhos anteriores e neste:

A jornalista e crítica Luciana Veras da revista Continente Multicultural do Recife pergunta para a equipe de “Nova Iorque” sobre como foi trabalhar com a criança protagonista do filme:

Sobre o trabalho com o gato, um personagem lúdico do filme:

Sobre personagens femininas nos filmes: