8o FENATIFS

Abertura do 8o FENATIFS foi marcado pela força e superação na figura de uma trapezista cadeirante

por

02 de outubro de 2015

Aconteceu hoje no Teatro do Centro Cultural Amélio Amorim, em Feira de Santana/BA, a abertura do 8o FENATIFS (Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana). O evento foi marcado por um momento muito especial, e emocionante, através da determinação e superação da trapezista cadeirante Sandra Silva, que realizou com delicada precisão uma extensa série no Trapézio simples. Este ato, marcou de forma emblemática o início dos trabalhos em um dos mais importantes festivais de teatro para a infância e juventude no Brasil. Potencializando todos os esforços que a Cia Cuca de Teatro enfrenta, a cada ano, para realizar com competência este importante movimento teatral no estado da Bahia, naquele que é considerado o maior festival da região norte e nordeste. Prestigiado pelo público, por grupos e cias convidadas do Rio Grande do Sul (Caixa do Elefante), de Pernambuco (Rapha Santacruz) e por um representante da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia.

foto 1 (3) - CADEIRANTE

Momento de exemplo de superação no 8o FENATIFS. A trapezista cadeirante Sandra Silva, em cena

foto 5 (1) Abertura 8o FENATIFS

Números circenses de argola e trapézio em dupla de trapezistas

O espetáculo de abertura – recheado de um grande jogo de luz e muita fumaça -, se constituiu de um mix de linguagens corporais, e segmentos artísticos, musicados com vigor pela Banda Radioativos. Com direção artística de Elizete Destéffani e Geovane Mascarenhas, nos foi apresentando números de circo (acrobacias solo, em dupla e grupo, mini-tranpolim acrobático, tecido, argola aérea, trapézio simples e perna-de-pau), mesclado com dança e poesia infantil, contando com as participações de Carol Pereyr, Simone Sampaio e balé da Prelúdio. Um dos pontos altos da abertura foi o divertidíssimo Grupo “Pumm- Por um Mundo Melhor, que cantou e encantou com as deliciosas músicas recicladas sobre ecologia, proteção ambiental e respeito aos animais. Os cantores e músicos prenderam a nossa atenção pela forma despojada em que nos apresenta conteúdos tão importantes para a reflexão. Cantigas antigas como “Atirei o pau no gato” e “Pai Francisco” são revisitadas, em um formato especial e único.

foto 4 (2) Abertura 8o FENATIFS

A Banda Radioativos fizeram a trilha sonora do espetáculo circense, dirigido por Elizete Destéffani e Geovane Mascarenhas

foto 3 (2) Abertura 8o FENATIFS

O carismático e divertido grupo “Pumm- Por um Mundo Melhor”