A arte de saber envelhecer

Vera Fischer completa 45 anos de carreira

por

23 de novembro de 2017

o-doce-passaro-da-juventude 001

Doce Pássaro da Juventude traz Vera Fischer aos palcos. A atriz que tinha um sonho antigo de montar esse espetáculo (levou quase dez anos com o projeto) pode se considerar realizada. Beleza, sensibilidade e reflexões abundam nessa montagem de Tennessee Williams, que trata sobre um tema bem atual: a dificuldade das pessoas em lidar com a beleza e o envelhecimento.

O diretor Gilberto Gawroski tem a oportunidade de colocar Vera em cena, num momento em que parece lidar com o próprio dilema. Vera acerta em cheio ao escolher interpretar Alexandra Del Lago, uma atriz decadente e ególatra, que se esconde com um nome falso em sua fuga para o interior, onde se envolve com um homem jovem e na busca de poder e sucesso a qualquer preço. A trama acontece nos anos 50, durante o surgimento da Ku Klux Kan, oposição aos direitos civis, hipocrisia social e uma crescente violência.

ODPDJ 002

O elenco grandioso, em todos os sentidos, traz também com Mario Borges, Ivone Hoffmann, Bruno Dubeux, Clara Garcia, Dennis Pinheiro, Juliana Boller, Pedro Garcia Netto, Renato Krueger e Pierre Batelli como Chance Wayne, o jovem gigolô que cruza o caminho de Alexandra.

ODPDJ 003

O cenário assinado por Mina Quental é  genial. O espaço neutro, onde a cama e o palanque político são o mesmo lugar, fazendo uma metáfora entre sexo e poder não poderia ser mais perfeito. O minimalismo do figurino, de Marcelo Marques, que remete aos anos 50, mas colocando apenas o essencial em cena e a trilha sonora original de Alexandre Elias, inspirada no cinema americano da década de 50, valorizam ainda mais essa montagem de O Doce Pássaro da Juventude.

ODPDJ 004

Alexandra, que leva uma vida agonizante diante do seu envelhecimento, é um monstro criado em Hollywood, que diz em cena: “Não é que estou velha, só não sou mais jovem”. Este é um dos seus grandes dilemas, lidar com os efeitos de uma vida vivida diante dos holofotes. O primeiro ato é muito bem marcado pela química e relação entre as personagens de Alexandra e  Chance, que se acha brilhante, sem perceber sua verdadeira ingenuidade e o monstro com que está lidando. Doce Pássaro da Juventude é uma das boas opções nos palcos cariocas e faz juz ao potencial de Tennessee Williams.

DOCE PÁSSARO DA JUVENTUDE

Onde: Teatro Carlos Gomes, Praça Tiradentes s/n, Centro

Quando: Quinta a sábado, 19h. Domingo às 18h.

Quanto: R$ 60,00 (inteira) / R$ 30,00 (meia).

Duração: 110 min

Classificação etária: 14 anos