À Beira-Mar

Revista de moda ultrapassada folheada por uma modelo em depressão

por

07 de dezembro de 2015

Este projeto pessoal de Angelina Jolie, que aqui assume o sobrenome do marido, está repleto de boas intenções que infelizmente não representam quase nada. “A Beira Mar” (By the Sea no original) patina feio ao retratar a crise de um casal (Vanessa e Roland – nome do pai da atriz), passando férias em um hotel em um balneário na Riviera Francesa nos anos 60.

Encantada com a ambientação e a proposta de trabalhar com seu marido, a senhora Jolie Pitt reuniu amigos (a diretora/atriz Mélanie Laurent) e cercou-se de competentes profissionais para realizar um longa extremamente frio onde o mais importante é a bolha entediante onde vive seu personagem Vanessa, uma ex bailarina traumatizada pela sua esterilidade crônica.

BTS02

Aqui o erro foi acreditar que um único tema tivesse força suficiente para sustentar uma trama de quase duas horas de duração sem aproveitar as sutilezas das subtramas adjacentes e sem desenvolver os personagens que transitam em torno de Vanessa e Roland. Um buraco na parede do quarto de hotel revelando a intimidade de um jovem casal em lua de mel (e, portanto repleto de energia sexual) seria o gancho ideal para que a narrativa alcançasse um desfecho surpreendente, mas Jolie Pitt (também autora do roteiro) insiste em uma vaga parábola sobre a calmaria das marés, através de um pescador que todos os dias repete sempre os mesmos movimentos.

Aos poucos, “À Beira Mar” vai ficando com a cara de uma revista de moda ultrapassada folheada por uma modelo em depressão após uma forte dose de Prozac. A “tragédia” melancólica de Vanessa é tão íntima e misteriosa que fica difícil emocionar-se com seu drama e identificar-se com o que está se passando. Aprisionada dentro de um quarto, Vanessa vaga etérea como um fantoche em uma casinha de boneca, enquanto seu maridão embebeda-se no bar do hotel em longas conversas sobre o casamento com o gerente.

BTS01

A ambição da senhora Jolie/Pitt era se aproximar dos filmes de arte, comuns nos anos 60, com ares de Antonioni, mas o resultado é um filme esnobe e de uma neutralidade impressionante.

 

À Beira Mar (By the Sea)

Eua, França, 2015. 122 min.

Direção: Angelina Jolie Pitt

Com: Angelina Jolie, Brad Pitt, Mélanie Laurent, Melvin Poupau

 


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52