A Gaiola

O melhor espetáculo infantojuvenil do ano de 2016 no Rio de Janeiro, estreia hoje no CCBB de São Paulo

por

06 de janeiro de 2017

Para quem procura um espetáculo de teatro para a infância e juventude, realizado com a mais alta competência artística e técnica deve correr hoje para o CCBB/SP, dia em que esta importante encenação carioca irá estrear em palcos paulistas. Projetos assim não acontecem todos os dias, nem em todos os meses, e raro, em todos os anos. Partindo de uma premissa muito simples, porém altamente mágica e arrebatadora, temos a bonita história de “A Gaiola” de Adriana Falcão – adaptado por ela e por Duda Maia do seu livro homônimo – e direção de Duda Maia, que nos apresenta uma história de amor iniciada quando um passarinho cai, ferido, na varanda da casa de uma menina. A partir deste encontro a menina se dedica a cuidar do passarinho e, à medida que vão convivendo, se apegam um ao outro até se apaixonarem. Ele fica curado e, na hora da despedida, ele pede para que a menina o aprisione numa gaiola. Um dia a menina flagra o passarinho na gaiola, encantado com a beleza do dia lá fora e uma crise se instala entre os dois. A tentativa de prender o amor se mostra inútil e os dois chegam a uma importante conclusão. Repleto de simbologias, delicadezas, poesias e sutilezas, podemos acompanhar com elevada atenção este interessante texto escrito por Adriana – que nos lembra em muito “O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá”, texto do grande escritor brasileiro Jorge Amado, publicado em 1976. Empregando ao mesmo tempo fácil assimilação junto com conteúdos relevantes para a condição humana no uso de seus sentimentos, emoções e razões.

a-gaiola-1

Os atores Carol Futuro e Pablo Áscoli em excelente performance cênica-corporal em “A Gaiola”.

a-gaiola-2

O cenário de João Modé é de grande delicadeza. leveza e poesia.

A direção geral e de movimento de Duda Maia é de enorme riqueza e de grandes acertos, em extrair tanta teatralidade de dois corpos, um banco, uma caixa e uma co-autoria na impressionante luz geométrica e cenográfica de Renato Machado. O desenho de luz de Machado é fundamental para o espetáculo, em todos os aspectos, pois ele é essencial para definir os estados de alma e os sentidos pelo qual passam as cenas da improvável e encantadora história de amor entre uma menina e um pássaro. Poucas luzes se aproximam deste detalhamento de trabalho. Uma luz verdadeiramente subjetiva e abstrata em fatiar os ambientes, Duda, que dirigie com uma meticulosidade extrema, grande competência, e auxiliada por uma competentíssima equipe técnica, onde se destacam também o cenário de João Modé com as varetas sensíveis de uma grande gaiola, a ótima direção musical e trilha sonora de Ricco Viana; sem falar no excelente trabalho dos atores Carol Futuro e Pablo Áscoli. Um marco de sintonia, entrega e harmonia. Em um verdadeiro balé de gestos e partituras físicas, vemos surgir diante de nós uma variada composição dramatúrgica corporal realizada com primazia, precisão, filigranas. Há muito não víamos dois corpos tão bem entrosados e tão disponíveis em construir este delicado mapa da encenação proposto por Duda Maia.

"A Gaiola", que estreia hoje no CCBB/SP, é o melhor espetáculo de 2016 na cidade do Rio de Janeiro.

“A Gaiola”, que estreia hoje no CCBB/SP, é o melhor espetáculo de 2016 na cidade do Rio de Janeiro.

Não percam no CCBB/SP este especial espetáculo, que nos faz reconectar verdadeiramente com o conceito de arte, e execução harmônica entre todos os elementos desta expressiva encenação. Seus sentidos, a sua alma e o seu coração sairão transformados desta linda aventura do nosso melhor teatro para a infância e juventude.

FICHA TÉCNICA:

Baseado no livro homônimo de Adriana Falcão

Adaptação e letras: Adriana Falcão e Eduardo Rios

Direção geral e de movimento: Duda Maia

Elenco: Carol Futuro e Pablo Áscoli

Direção musical e trilha original: Ricco Viana

Cenário: João Modé

Iluminação: Renato Machado

Figurino: Flavio Souza

Produção: Palavra Z Produções Culturais

Direção de Produção: Bruno Mariozz

SERVIÇO:

Temporada: de 06 a 28 de janeiro de 2017.

Horários: sextas e sábados e às 11h

Ingresso: R$ 20,00 – inteira R$ 10,00 – clientes e funcionários do BB, estudantes e maiores de 60 anos

Bilheteria: de quarta a segunda, de 9h às 21h.

Vendas online: www.ingressorapido.com.br / 11 4003-1212

Duração: 50min

Capacidade: 130 lugares

Classificação indicativa: Livre

Local: CCBB SP

Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro- CEP: 01012-000 | São Paulo (SP)
(11) 3113-3651 ccbbsp@bb.com.br

Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h.

Acesso para portadores de necessidades especiais

Para mais informações, acesse: http://culturabancodobrasil.com.br/portal/

 


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52