“A Morte Habita à Noite”, de Eduardo Morotó, e homenagem à atriz Glória Pires abrem o 30º Cine Ceará

Festival Ibero-americano de Cinema acontece em formato presencial em Fortaleza, online no Canal Brasil, no canal do festival no Youtube e na TV Ceará

por

05 de dezembro de 2020

A primeira noite da 30ª ediçãodoCineCeará - Festival Ibero-americano de Cinemasábado (05/12) contará com a exibição do longa “A Morte Habita à Noite, de Eduardo Morotó. O filme, que abre a Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem, é inspirado em contos do autor Charles Bukowski e tem Roney Villela, Mariana Nunes, Endi Vasconcelos, Rita Carelli e Pedro Gracindo no elenco. Será a primeira exibição no país, depois de participar do Festival de Rotterdam e do Inffinito Film Festival (EUA), que rendeu o prêmio de Melhor Ator para Villela, e entrar na seleção oficial do Festival Internacional de Cinema de Roterdã e do Festival de Viña del Mar. 

 

Na mesma noite acontece a homenagem à Glória Pires. A atriz recebeu em casa o troféu Eusélio Oliveira e enviou um vídeo de agradecimento. Ao longo de sua carreira, a atriz já protagonizou diversos personagens que marcaram a televisão, cinema e teatro brasileiros. Atuou em novelas e minisséries como “As Brasileiras”, “Rei do Gado”, “Paraíso Tropical”, “Insensato Coração”, “Babilônia” e a mais recente “O Outro Lado do Paraíso”. Além de participar de grandes filmes nacionais como “Se Eu Fosse Você”, “É Proibido Fumar”, “Linda de Morrer” e “Nise”.  Em 2019, voltou às telinhas no remake de “Éramos Seis”. Em 2021, estará no longa da Imagem Filmes “A Suspeita”, de Pedro Peregrino, onde vive Lúcia, uma comissária da Polícia Civil que sofre de Alzheimer. 

 

Confira a programação completa do dia 05/12 abaixo: 

 

PROGRAMAÇÃO 05/12 (SÁBADO) 

Cineteatro São Luiz e Canal do Cine Ceará no Youtube 

20h – Solenidade de Abertura do 30º Cine Ceará – Festival Ibero-Americano de Cinema 

Homenagem: Glória Pires  

 

Cineteatro São Luiz e Canais Globo: https://canaisglobo.globo.com/c/canal-brasil/ 

20h – MOSTRA COMPETITIVA IBERO-AMERICANA DE LONGA-METRAGEM 

A Morte Habita à Noite. Eduardo Morotó. Ficção. 94′. Brasil. 2020. Classificação indicativa: 16 anos 

 

9h às 22h – MOSTRA OLHAR DO CEARÁ – CURTA-METRAGEM 

SESSÃO 1 

Classificação indicativa: 16 anos 

Pequenas Considerações sobre o Espaço-TempoMichelline Helena. Documentário. 3’. Ceará. 2020. 

A Fome que Devora o CoraçãoRaiane Ferreira. Ficção. 16’. Ceará. 2019. 

Sombra do Tempo. Naiana Magalhães. Documentário. 20’. Ceará. 2020. 

SESSÃO 2 

Classificação indicativa: 12 anos 

Luna e Sol. Dado Fernandes. Ficção. 16’. Ceará. 2020. 

A GaiolaJaildo Oliveira. Documentário. 3’. Ceará. 2020. 

Aqui Entre Nós. Alexia Holanda e Daniel Sobral. Ficção. 15’. Ceará. 2020. 

Futebol para Todos. Rafael Luís Azevedo. Documentário. 5’. Ceará. 2019. 

 

 

DISPONÍVEL DE 05 A 11/12: 

 

MOSTRA COMPETITIVA BRASILEIRA DE CURTA-METRAGEM 

5 estrelas. Fernando Sanches. Ficção. 15’. São Paulo. 2020. 

Classificação indicativa: Livre 

A beleza de Rose. Natal Portela. Ficção. 20’. Ceará. 2020. 

Classificação indicativa: Livre 

A Nave de Mané Socó. Severino Dadá. Ficção. 18’. Pernambuco. 2019. 

Classificação indicativa: Livre 

A volta para casa. Diego Freitas. Ficção. 16’. São Paulo. 2019.  

Classificação indicativa: Livre 

Desaparecido. Gabriel Calamari. Ficção. 21’. São Paulo. 2020.  

Classificação indicativa: 12 anos 

Inabitável. Matheus Farias e Enock Carvalho. Ficção. 20’. Pernambuco. 2020.  

Classificação indicativa: Livre 

Magnética. Marco Arruda. Experimental. 16’. Rio Grande do Sul. 2020.  

Classificação indicativa: 12 anos 

Não te amo mais. Yasmin Gomes. Documentário. 10’. Ceará. 2020. 

Classificação indicativa: Livre 

Nós. Hugo Moura e Ricardo Burgos. Ficção. 9’. Rio de Janeiro. 2019.  

Classificação indicativa: 14 anos 

O Babado da ToinhaSérgio Bloch. Documentário. 13’. Rio de Janeiro.2020.  

Classificação indicativa: 10 anos 

O Barco e O Rio. Bernardo Ale Abinader. Ficção. 17’. Amazonas.2020.  

Classificação indicativa: Livre 

O sal da vida. Danilo Carvalho. Documentário. 4’. Piauí. 2020. 

Classificação indicativa: Livre 

Parabéns a Você. Andreia Kaláboa. Ficção.  19’. Paraná. 2019. 

Classificação indicativa: 10 anos 

Quitéria. Tiago A Neves. Ficção. 14’. Paraíba. 2019. 

Classificação indicativa: Livre 

Vista para dias nublados. Ana Luísa Moura. Ficção. 11’. Rio Grande do Sul. 2019. 

Classificação indicativa: Livre 

 

Canal do Cine Ceará no Youtube 

MOSTRA HÁBITOS 

Classificação indicativa: Livre 

Fim do sonho branco. Victor Furtado. Experimental. 3’. CE-Brasil. 2020. 

TrajetóriaJosé Walter Brilhante Júnior. Ficção. 2.58’. CE-Brasil. 2020. 

Guerreiro das águasGenaria dos Santos e Patrícia Braga. Documentário. 3’. CE-Brasil. 2020. 

S.A.C.Rodrigo Passolargo. Ficção. 3’. CE-Brasil. 2020. 

Nati e o bom uso da águaManuell Neto. Experimental. 2.59’. CE-Brasil. 2020. 

O 30º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema é uma realização do Ministério do Turismo, através da Secretaria Especial da Cultura, da Associação Cultural Cine Ceará e da Bucanero Filmes. Tem o apoio institucional do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura, e da Universidade Federal do Ceará, via Casa Amarela Eusélio Oliveira. Conta com o Canal Brasil como Exibidor Oficial, com o apoio cultural da Cegás, CTAV e Unifor. Tem ainda o patrocínio VIP da Indaiá, Esmaltec e Banco do Nordeste e o patrocínio da CageceAdria e Piraquê, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC) e da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Agradecimentos: Enel. 

SERVIÇO  

30° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema – De 05 a 11 de dezembro de 2020 em formato presencial em Fortaleza, Ceará, online no Canal Brasil – no serviço de streaming Canais Globo, pela TVC, pelo canal do festival no Youtube e mídias sociais de parceiros. Informações: www.cineceara.com. Email: contatos@cineceara.com. Instagram: @cinecearaFacebookFestivalCineCearaYoutubeCineCeara. 

 

Fonte: ASSESSORIAS DE IMPRENSA: via Dégagé e Primeiro Plano