A Prece

Filme equivocadamente doutrinatório

por

02 de novembro de 2018

“A Prece” de Cédric Kahn com Anthony Bajon (ganhador de melhor ator no Festival de Berlim 2018) é um filme doutrinatório e dirigista que simplesmente não apresenta conflito nem tensão nem uma tese ou confrontamento desta tese, e vende a fé como solução absurda pra tudo, mas o ator principal está de fato eficientemente bem no papel… O que não segura as pontas, na verdade, é todo o pacote.

perso-player_preview

Crítica em Vídeo direto da estreia do filme em Berlim 2018:

https://www.youtube.com/watch?v=yLjjmAQW9g0

Debate sobre o filme em Berlim:

https://www.youtube.com/watch?v=JSBc-haIulE