A Sombra do Pai: Debate no Festival do Rio

Debate contou com diretora Gabriela Amaral Almeida e parte do elenco e equipe, com mediação do crítico Filippo Pitanga

por

12 de novembro de 2018

Filme “A Sombra do Pai” de Gabriela Amaral Almeida é parte da seleção competitiva da Première Brasil de filmes de Ficção no 20º Festival do Rio e teve sessão + debate no Cine Odeon na presença de sua diretora e de parte do elenco e equipe, como os artistas Luciana Paes, Nina Medeiros e Júlio Machado, além do compositor da trilha sonora Rafael Cavalcanti, o responsável pelo desenho de som Daniel Turini, e o produtor Rodrigo Sarti Werthein.

Gabriela Amaral Almeida. Fonte: Divulgação

Gabriela Amaral Almeida. Fonte: Divulgação

Mediação pelo crítico e professor de cinema Filippo Pitanga. O filme havia estreado no 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro e saiu de lá com os prêmios de melhor atriz coadjuvante para Luciana Paes, melhor som para Gabriela Cunha/Daniel Turini e melhor montagem para Karen Akerman:

Para quem quiser conferir mais, segue abaixo link de entrevista com a diretora durante o Festival de Brasília realizada pelos críticos Filippo Pitanga e Samantha Brasil:

http://almanaquevirtual.com.br/entrevista-com-gabriela-amaral-almeida-sobre-a-sombra-do-pai/

Bem como entrevista com o ator Júlio Machado:

http://almanaquevirtual.com.br/entrevista-com-julio-machado-sobre-a-sombra-do-pai/

E confira também texto de Samantha Brasil sobre o filme “A Sombra do Pai” publicado pelo site da Abraccine – Associação Brasileira de Críticos de Cinema, como reflexão do júri da crítica da qual ela fez parte durante o 51º Festival de Brasília:

https://abraccine.org/2018/10/03/mulheres-que-resistem-com-e-atraves-do-cinema/