A Vida Invisível

Filme de Karim Aïnouz é o selecionado brasileiro para concorrer ao Oscar 2020 e terá première brasileira no 29° Cine Ceará

por

29 de agosto de 2019

*(link da programação do 29º Cine Ceará onde “A Vida Invisível” terá sua première brasileira AQUI)

Adaptado de um romance de Martha Batalha (“A Vida Invisível de Eurídice Gusmão”), o filme de Karim Aïnouz conta a história de duas irmãs, Eurídice (Carol Duarte) e Guida (Julia Stockler), no Rio de Janeiro dos anos 50. Com retrato de uma época majoritariamente dominada pelos homens a narrativa oferece uma reflexão sobre a difícil emancipação feminina. Sonhos de mulheres que nunca foram realizados por conta do regime patriarcal. Após serem separadas subitamente, as duas irmãs passam a vida toda tentando se reencontrar. As personagens são interpretadas de maneira emocionante pelas atrizes principais, que estreiam na tela grande, especialmente em momentos difíceis de briga e em cenas mais carnais. Vale também ressaltar o incrível trabalho dos atores secundários, como Bárbara Santos e Gregório Duvivier, e para os amantes do cinema brasileiro, temos a participação especial de Fernanda Montenegro (Central do Brasil).

Screenshot_20190829-145331_Google

O filme é divulgado como um “melodrama tropical” e não poderia ser descrito de melhor maneira: uma narrativa orgânica, de emoções cruas, muito bem desenhada pela diretora de fotografia Hélène Louvart. Imagens que misturam o colorido do Brasil, com a sujeira escura da história que está sendo contada de uma forma extremamente delicada. A trama te pega pela mão e te mostra de maneira realista, mas com um toque de poesia, esse Rio antigo, ruidoso, com uma trilha sonora majoritariamente diegética tocada pelo piano de Eurídice.

Ao ver o filme em Paris, fui transportada ao meu Rio de Janeiro de uma forma que eu nunca o conheci, na metade do século XX, onde ser mulher era ainda mais difícil. Entretanto, vi emoções que reconheço de longe e chorei. Chorei pelo “tão perto, mas tão longe” angustiante que ele representa o tempo inteiro, e que senti naquele momento, tão perto do meu país durante quase duas horas e meia, mas quando as luzes se acenderam, lá estava eu, tão longe, do outro lado do mundo.

Produzido por Rodrigo Teixeira, “A Vida Invisível” foi o escolhido para representar o Brasil no Oscar e após ganhar o prêmio Un Certain Regard em Cannes 2019, ele será distribuído nos Estados Unidos pela Amazon. No Brasil, prepare o seu lencinho para o dia 31 de outubro.**

Screenshot_20190829-144254_WhatsApp

*Link da programação do 29º Cine Ceará onde “A Vida Invisível” terá sua première brasileira AQUIhttp://almanaquevirtual.com.br/confira-a-programacao-do-29-cine-ceara/

** “A Vida Invisível” será o filme de abertura do 29° Cine Ceará na sexta-feira do dia 30 de agosto de 2019, em sua primeira exibição pública no Brasil.

Screenshot_20190829-144228_WhatsApp

Confira o trailer oficial do filme: