Amor Até as Cinzas (42ª Mostra de SP)

Jia Zhangke se mantém como o mestre das narrativas extra temporais do cinema asiático

por

02 de novembro de 2018

Jia Zhangke é um de meus diretores favoritos na contemporaneidade e eu sinto muito mesmo não ter gostado tanto deste novo exemplar. Acredito que sua atriz-assinatura Zhao Tao esteja como sempre maravilhosa, especialmente no segundo ato do filme, após o primeiro salto no tempo, quando a personagem mais se transforma e brilha solo para sobreviver com os melhores golpes à margem da lei!

Ash-Is-Purest-White-film-review-1140x650

Mas… apesar de Jia manter a maestria em dominar uma história com saltos agridoces no tempo e com evolução emocional de personagens, o romance principal que deveria ser o arcabouço desta história e potencializar o lírico título original (que traduzido ao pé da letra fica “Cinzas são o mais puro branco”) simplesmente não convence e se torna falho especialmente no desenvolvimento do protagonista masculino….😢😢😢 .

NYFF_MainSlate_AshIsPurestWhite_01-1600x900-c-default

E olhe que queria muito poder dizer que fiquei todo emocionado com a cena final do filme, como Jia costuma sempre fazer conosco, mas desta vez não colou para mim.

ashes08020203-r-c-h_2018