Apostas na Mostra Aurora da 23° Mostra Tiradentes

Melhores filmes até agora foram Cadê Edson?, Mascarados e Canto dos Ossos

por

31 de janeiro de 2020

Infelizmente a Mostra Aurora está sendo bem morna aqui em Tiradentes este ano, com exceção do questionador e intenso doc “Cadê Edson?” de Dácia Ibiapina (por enquanto, o único vencedor possível), PORÉM…

1) Hoje vimos o interessante “Mascarados” de Marcela e Henrique Borela que reflete quem de fato é mascarado ou não na pirâmide social do capital, mesmo perdendo por volta da metade da projeção um pouco da força dramatúrgica com que começou… TODAVIA, ainda assim, é a MELHOR FOTOGRAFIA nesta edição do Festival, assinada por Wilssa Esser (fotógrafa do novo clássio “Temporada” de André Novais, o qual vocês podem encontrar na #Netflix). — Valendo ressaltar as monumentais cenas de explosões na pedreira e a penúltima sequência do filme (MUITO PODEROSA), numa correria de um dos protagonistas através de travelling dificílimo em meio à mata densa (pela qual estou perdidamente apaixonado e já quero making of de como foi feita). Já é minha aposta francamente favorita para o prêmio Helena Ignez de maior contribuição artística na 23° Mostra de Cinema de Tiradentes.

2) Vale ressaltar também o intrigante terror de “Canto dos Ossos” de Jorge Polos e Petrus de Bairros. É uma obra de muitas propostas provocantes e bem filmadas esteticamente…. Porém, acaba dispersando o que propusera antes de forma interessante, desenvolvendo demais as mil subtramas paralelas e retomando a espinha dorsal numas elipses meio soltas de montagem, que providenciam com que tudo convirja para cenas conclusivas que não foram trabalhadas o bastante pra isso, e nem se encerram com a potência que tinham a capacidade de alcançar… PORÉM….MELHOR CENA DE ORGIA DE VAMPIROS DA HISTÓRIA!

Agora que estamos na reta final, esperemos os últimos filmes inéditos da Mostra para saber os premiados no sábado!

IMG-20200128-WA0056 cade edson 3