Bata Antes de Entrar

A violência como válvula de escape

por

02 de outubro de 2015

O diretor Eli Roth é considerado o mais novo expoente do exploitation e vem provando uma incrível habilidade em conduzir histórias que falam dos limites humanos. Desde que abriu as porteiras do “torture porn” (gênero marcado por mostrar longas e gráficas cenas de tortura) com O Albergue (Hostel, 2005), Roth vem recebendo vários títulos, entre eles, “o futuro do terror” como seu parceiro e amigo Quentin Tarantino declarou a uma revista especializada. The Green Inferno de 2013, ainda inédito no Brasil, é uma explícita homenagem aos filmes italianos de canibais de baixo orçamento da década de 70/80, mais precisamente ao cultuado Cannibal Holocaust (1980) de Ruggero Deodato a quem o filme é dedicado.

Knock-Knock-2

Em Bata Antes de Entrar (Knock, Knock), Roth jura fidelidade ao seu lado B e faz, ao seu jeito, uma homenagem aos thrillers de invasão a domicílio. Pegando carona em um obscuro filme da década de 70, Death Games (cuja estrela principal, Collen Camp faz uma pequena participação), Roth manipula clichês e apresenta um tosco trabalho de perversão, sem abrir mão do seu jeito brincalhão. Na trama, o pacato pai de família Evan Weber (um Keanu Reeves muito canastrão) sofre horrores nas mãos de Bel (Ana de Armas) e Genesys (Lorenza Izzo – atual esposa de Roth), que aparecem em sua casa em uma noite chuvosa como duas inocentes ninfetas perdidas. Aos poucos, as duas patricinhas vão se transformando em criaturas anárquicas e insolentes, como dois gremlins arrogantes, cujo único objetivo é a desordem e a desmoralização.

bata-antes-keanu-reeves

Conduzido como uma versão excêntrica de Funny Games de Haneke, Bata Antes de Entrar (Knock, Knock) utiliza a violência como válvula de escape para um humor negro repleto de piadas grosseiras aproveitando para tirar sarro de conceitos machistas e ridicularizar o uso extremo das redes sociais (como a brincadeira com o Facebook na cena final).

Assim como Tarantino, Roth também é fã dos “grindhouses”  e apesar de nunca ter apresentado um trabalho mais elaborado, como o seu comparsa, ainda consegue divertir a platéia com seus enredos perversos e bizarros.

 

 

Bata Antes de Entrar (Knock, Knock)

Eua, Chile, 2015. 99 min. 2015

Direção: Eli Roth

Com: Keannu Reeves, Lorenza Izzo, Ana de Armas

 


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52