Berlinale 2017: Teresa Villaverde fala da crise no drama luso ‘Colo’

Longa retrata os efeitos da crise econômica sobre uma família portuguesa.

por

15 de fevereiro de 2017

Na manhã desta quarta-feira, dia 15, a equipe de “Colo” se reuniu com a imprensa na Berlinale 2017. Dirigido por Teresa Villaverde, o longa concorre ao Urso de Ouro e foi aplaudido com bastante entusiasmo após a sessão, apesar de seu ritmo moroso ter causado certa debandada em parte da plateia. Trata-se de uma produção sólida e de dor extrema ao retratar os efeitos da crise econômica em Portugal sobre uma família. “O que tem acontecido, e eu penso que isso se passa em todos os países da Europa, é que a democracia está cada vez menos participativa”, diz Villaverde. A 67a edição do Festival de Berlim acontece até o dia 19 de fevereiro.

Confira outros vídeos no canal oficial do Almanaque no YouTube:

https://www.youtube.com/user/almanaquista