Berlinale Politizada com “Morte em Sarajevo” e “Alone in Berlim” que teve misto de aplausos e vaias

Polêmica de filmes políticos com "Alone in the Dark", do diretor/ator Vincent Pérez, sob misto de vaias e aplausos, traz tensões xenofóbicas na Europa com Emma Thompson em atuação forte, teve também "Morte em Sarajevo" do diretor Danis Tanović de "Terra de Ninguém" (2001), e o documentário italiano "Fuocoammare" de Gianfranco Rosi.

por

15 de fevereiro de 2016

Festival de Berlim 2016: Berlinale Politizada com “Morte em Sarajevo” e “Alone in Berlim” que teve misto de aplausos e vaias. Polêmica de filmes políticos com “Alone in the Dark”, do diretor/ator Vincent Pérez, sob misto de vaias e aplausos, traz tensões xenofóbicas na Europa com Emma Thompson em atuação forte, teve também “Morte em Sarajevo” do diretor Danis Tanović de “Terra de Ninguém” (2001), e o documentário italiano “Fuocoammare” de Gianfranco Rosi.