Chacrinha- O Musical

A direção de Andrucha Waddington investe na reprodução fidedigna da vida e da personagem popular de Chacrinha

por

21 de fevereiro de 2015

Chacrinha- O Musical é sem dúvida um espetáculo bastante curioso, onde o seu protagonista, é dividido na interpretação, entre dois atores: um, Stepan Nercessian/Chacrinha, que o interpreta muito bem na fase adulta – em um elaborado trabalho de caracterização -, e outro, Leo Bahia/Abelardo Barbaosa, em sua fase mais juvenil, no início de sua carreira de comunicador, que canta, dança e demonstra  também um bom talento na atuação. A peça é dividida em duas fases distintas. A primeira fala da transformação de Abelardo em Chacrinha, através de um texto ingênuo e de fácil assimilação de Pedro Bial e Rodrigo Nogueira. A chegada de um caminhão e a sua buzina dão conta de definir, de uma maneira bem fácil, de onde veio a inspiração para a buzina do Chacrinha, suas “criações artísticas” durante o trabalho nos negócios de sua família, define de onde veio o jeito criativo de conduzir os seus programas, assim como o seu primeiro emprego de radialista, que define de onde é que veio o nome da personagem Chacrinha. E assim, é realizado o texto em todo o espetáculo, em  encadeamentos bem óbvios e simplistas, com o intuito apenas de contar a história da personalidade Chacrinha, como em um jogral popularesco.

Chacrinha 1

A cenografia de Gringo Cardia reproduz com fidelidade os programas de auditório de Chacrinha

Chacrinha 4

Um dos grandes destaques é a atuação de Stepan Nercessian na pele de Chacrinha na fase adulta

A direção de Andrucha Waddington se encarrega de organizar os atores/cantores/bailarinos em cena, com marcações bastante comuns, e fazer a encenação fluir, sem grande tropeço, como dois planos sequências, separados por um intervalo. A sua contribuição de projeção de imagens durante boa parte do primeiro ato da peça, apesar de simpática, torna-se um efeito de pouca expressividade diante do gigantesco palco do Teatro João Caetano. A cenografia de Gringo Cardia para os programas de auditório de Chacrinha são reproduções bastante fiéis dos estúdios  de TV onde Chacrinha gravava os seus programas. Os figurinos de Claudia Kopke, bem executados, acompanham a mesma ideia de reprodução de figurinos usados na época. O mesmo acontecendo com as músicas de costura do espetáculo, e da direção musical e arranjos de Delia Fischer. A coreografia e direção de movimento de Alonso Barros são também corretas, assim como a luz de Paulo Cesar Medeiros. O grande destaque do espetáculo Chacrinha – O Musical são as interpretações de Stepan Nercessian como Chacrinha e Leo Bahia como Abelardo. O restante do elenco cumpre com correção os seus papéis, que não precisam ser empregados grandes esforços de interpretação, canto ou dança; se sobressaindo as atuações de Erika Riba como Florinda e Clara Nunes, Milton Filho como Orlando Silva, Patrick Amstalden como Jorge Barbosa e Ritchie e Saulo Rodrigues como Boni. O espetáculo irá agradar certamente a uma camada mais popular, que revive na plateia, e no palco, todo o ambiente que cercou a vida do grande personagem popular Chacrinha, pedaços de sua vida, seus jurados ilustres, calouros, concurso de pulgas, e com direito até a distribuição de bacalhau ao publico.

Cena de Chacrinha- O Muscial quando o mesmo recebe Fábio Júnior em seu programa


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52