Cine PE 2017: ‘Atum, Farofa & Spaghetti’

Dirigido por Riccardo P. Rossi, documentário foi exibido na Mostra Hors-Concours da 21a edição do Cine PE.

por

09 de julho de 2017

Exibido pela Mostra Hors-Concours e responsável por encerrar a 21a edição do Cine PE na noite da última segunda-feira, dia 03, o documentário “Atum, Farofa & Spaghetti” leva para as telas a origem de três chefs renomados de Pernambuco: Joca Pontes, André Saburo Matsumoto e Duca Lapenda.

Os três chefs encaram uma road trip gastronômica (Foto: Divulgação).

Os três chefs encaram uma road trip gastronômica (Foto: Divulgação).

Sob a direção do italiano Riccardo P. Rossi, o longa apresenta a origem de cada um através da culinária pernambucana numa road trip que sai de Recife rumo à França, Itália e Japão, tendo a capital francesa como primeiro compromisso oficial do trio, uma vez que Pontes foi convidado para cozinhar no Ze Kitchen Galerie, restaurante com três estrelas Michelin e ao qual já havia trabalhado.

Utilizando uma roupagem de versão estendida de programa de culinária exibido na TV por assinatura, este documentário comete um erro grave no que tange à inserção de legendas, em sua maioria em inglês. Considerando que se trata de uma produção brasileira exibida para a plateia de seu país, composta por espectadores que não têm a obrigação de entender uma língua estrangeira, isto acaba afetando seu resultado final, pois mais do que um erro, é um descaso para com seu público.

No geral, “Atum, Farofa & Spaghetti” é um diário de viagem interessante, por vezes repetitivo, mas que consegue cumprir o seu propósito ao mostrar como a origem familiar se reflete no trabalho de cada um dos chefs. Mais do que isso, abordando de forma satisfatória a essência da culinária brasileira, sobretudo pernambucana, e como ela pode agregar a pratos de outros países.

Avaliação Ana Carolina Garcia

Nota 3