‘Corra!’

Dirigido por Jordan Peele, longa é uma das estreias desta quinta-feira, dia 18.

por

17 de maio de 2017

Uma das grandes surpresas do primeiro semestre, “Corra!” (Get Out – 2017) entra em cartaz nas salas brasileiras nesta quinta-feira, dia 18, utilizando o relacionamento amoroso de dois jovens como fio condutor de uma trama recheada de suspense e terror.

Daniel Kaluuya vive Chris Washington, jovem que viaja para conhecer os pais da namorada, branca e de família abastada (Foto: Divulgação).

Daniel Kaluuya vive Chris Washington, jovem que viaja para conhecer os pais da namorada, branca e de família abastada (Foto: Divulgação).

Marcando a estreia de Jordan Peele na direção, o longa mostra o casal lidando com a insegurança de Chris Washington (Daniel Kaluuya), jovem negro, em relação à viagem para a casa dos pais de sua namorada, Rose Armitage (Allison Williams), branca e de família abastada. No local, Chris começa a observar as atitudes da família que exerce um estranho domínio sobre seus funcionários, todos negros.

Também produzido e roteirizado por Peele, este longa oferece uma trama instigante e bem amarrada que acerta nas doses de suspense e terror, utilizando diálogos inteligentes para criticar a hipocrisia de uma sociedade que não aceita negros, apesar de vender a ideia de que o preconceito racial não é mais uma realidade. Nesta jornada hipócrita e persuasiva, repete incessantemente que não é racista, algo que pode ser resumido em duas frases de Rose: “Eles (pais) não são racistas” e “Meu pai teria votado no Obama pela terceira vez”.

Bradley Whitford e Catherine Keener interpretam os pais da namorada de Chris (Foto: Divulgação).

Bradley Whitford e Catherine Keener interpretam os pais da namorada de Chris (Foto: Divulgação).

“Corra!” também é eficiente no humor, inserido com precisão cirúrgica, tendo como destaque o personagem Rod Williams (LilRel Howery), agente do TSA e amigo do protagonista. A atuação de Howery é tão precisa que lhe coube a responsabilidade de ser o alívio cômico em meio ao terror. Contudo, Howery não é o único destaque do elenco deste filme, que conta com outras boas atuações, como as de Daniel Kalluya, Bradley Whitford (Dean Armitage) e Catherine Keener (Missy Armitage). Kalluya transita com muita naturalidade entre suspense e horror, oferecendo um trabalho complexo e interessante; enquanto Whitford e Keener demonstram sintonia entre si e seus respectivos personagens, formando um casal que se completa bastante – mais do que isso não deve ser dito para evitar spoilers.

Mesmo utilizando alguns clichês e com uma pequena dose de previsibilidade em algumas sequências, “Corra!” surpreende por não ser apenas um filme sobre racismo, declarado ou não, mas sobre mentes perturbadas e o perigo que oferecem à sociedade como um todo. E isto proporciona ao espectador uma experiência cinematográfica desconfortável que o leva à reflexão, mesmo nos momentos em que o humor toma conta da narrativa.

Avaliação Ana Carolina Garcia

Nota 4