Curtindo os Anos 80 a doidado

Ferris Bueller ainda tem truques na manga pra ensinar

por

19 de abril de 2015

Alguns filmes marcaram época. A década de 80, então, teve uma fábrica de aventuras familiares que mergulharam a partir dos 90 em Sessões da Tarde na TV, imortalizando todo um imaginário coletivo. Quem diria que alguns destes, trazidos de volta à luz do projetor na telona do Grupo Estação de Cinema, como parte do aniversário de 30 anos, poderiam ficar ainda melhor na revisão, não só pelo saudosismo, pois por se poder notar os arquétipos que acabaram sendo copiados por inúmeros filmes depois, e ainda funcionam até hoje.
IMG_7802362569133
Um perfeito exemplo é “Curtindo a Vida A Doidado” (“Ferris Bueller’s Day Off” – 1986, de John Hughes) a eterna história do jovem espertalhão que cabula aula e vive mil aventuras com o melhor amigo e namorada, caçados pelo diretor da escola, os pais e até a irmã mais velha invejosa. Com tiradas sarcásticas hilárias, as vezes às custas dos ótimos coadjuvantes, noutras graças à narrativa em 1a pessoa que o protagonista Ferris Bueller (o ainda jovem faceiro Matthew Broderick) faz ao olhar para a câmera e confidenciar com o espectador, tudo isso traz à tona um ‘modus operandi’ vivaz das comédias adolescentes e aventuras farsescas oitentistas. Ainda mais dirigido pelo Papa delas, John Hughes (também responsável por outros clássicos como “O Clube dos Cinco”).
IMG_7783308003701
De montagem ágil, típico da época em que simultaneamente ascendia a poderosa MTV e seus videoclipes hipnotizantes, a câmera nunca está parada, temperada por trilha sonora vibrante e imersiva da trama. Por falar nisso, outro ponto inovador para esse gênero de filme era a alternância entre pontos de vista, pois enquanto o protagonista narra certos pensamentos, a câmera aproveita para passear por aqueles sobre quem ele está ironizando julgamentos. Tal técnica poderia ate já ser usada como com diretores experientes em elencos gigantes, há de exemplo o mestre nisso Robert Altman, porém nunca numa comédia.
Sem falar nas inesquecíveis cenas como a da parada com a música Twist and Shout dos Beatles, ou o destino da Ferrari, e mesmo a corrida final para mais uma vez se safar (ou não) de seus problemas…
Sem falar na euforia de se poder assistir de novo com sessões lotadas de saudosistas também que fazem desta revisita um show de rock de risos, urros e aplausos.
Todos os filmes terão ao menos 3 sessões na Mostra, então acompanhem e aproveitem.
IMG_7778779958049


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52