Filmes na TV – Dicas de Terça-Feira

Dicas na programação da telinha.

por

21 de outubro de 2014

um-faz-de-conta-que-acontece-1

Um Faz de Conta que Acontece / Bedtime stories – 2008 (Rede Globo – 14:45)

Buscando uma reinvenção com o ator dramatic à frente do aguardado “Homens, mulheres e crianças”, de Jason Reitman, que estreia para a temporada do Oscar, Adam Richard Sandler fez sua fama pelas vias do riso, como o comediante mais rentável de Hollywood nos últimos 15 anos. Orçada em US$ 80 milhões, esta produção infanto-juvenil confirmou o poder de atração de Sandler junto ao público, ao contabilizar US$ 212 milhões nas bilheterias. Dublado no Brasil pelo genial Alexandre Moreno, o comediante interpreta aqui Skeeter Bronson, o zelador de um hotel que se vê obrigado a cuidar de seus sobrinhos. Mas algo vai mudar na rotina de Bronson quando as histórias da carochinha que ele conta aos moleques vira realidade. Sempre bela, Keri Russell, a estrela do xarope “Felicity”, é a mocinha do longa.

ultraje-muito-alémUltraje: Muito Além / Autoreiji: Biyondo – 2012 (Max – 19:50)

Indicada ao Leão de Ouro no Festival de Veneza, este thriller ultraviolento é a continuação de “Ultraje”, longa que disputou a Palma dourada de Cannes, em 2010. Em cena, um time de gângsters de diferentes facções da Yakuza entra em combate pelo controle do crime organizado. Para isso, as mais brutais formas de matar serão empregadas. A guerra é detonada quando a polícia japonesa deflagra um cerco aos marginais, o que gera uma movimentação entre o clã Sanno, do leste, e a família Hanabishi, do Oeste. Em meio à troca de tiros, Otomo (Takeshi Kitano) sai da prisão em busca de reconhecimento entre os mafiosos. E vai matar às pencas para isso.

dois-tiras-em-apuros

Dois Tiras em Apuros / Cop out – 2010 (SBT – 23:00)

Num esforço (em vão) para sair do atoleiro em que sua carreira se transformou, o diretor Kevin Smith (“O balconista”) tentou juntar forças com um astro de primeiro escalão de Hollywood – Bruce Willis – e, com a ajuda dele, emplacar um blockbuster. Aqui dublado por Eduardo Borgeth, Willis até tenta recobrar um pouco do charme gaiato de “A gata e o rato” nesta comédia policial de rala inteligência. Mas sua malandragem não foi suficiente para atrair o público. Inédito nos cinemas nacionais, o longa narra a luta de um tira (Willis) que teve roubada uma figurinha raríssima de sua coleção a reaver a relíquia. Seu parceiro trapalhão (Tracy Morgan) vai ajudá-lo.