‘Dupla Explosiva’

Protagonizado por Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson, esta comédia de ação é uma das estreias desta quinta-feira, dia 31.

por

30 de agosto de 2017

Ação e comédia são dois gêneros bastante populares do cinema mundial e rendem bem lado a lado desde que executados com o mínimo de cuidado. Este é o caso de “Dupla Explosiva” (The Hitman’s Bodyguard – 2017), uma das estreias desta quinta-feira, dia 31.

Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson em cena (Foto: Divulgação).

Ryan Reynolds e Samuel L. Jackson em cena (Foto: Divulgação).

A trama conduzida por Patrick Hughes conta a história de Michael Bryce (Ryan Reynolds), ex-agente da Interpol que perde o emprego após uma falha ocasionar a morte de um homem sob a sua proteção. Dois anos mais tarde, trabalhando como guarda-costas no que ele chama de “Serviço de Proteção Classe A”, Bryce é contratado para proteger Darius Kincaid (Samuel L. Jackson) da prisão em Londres até o Tribunal Internacional de Justiça em Haia, onde testemunhará contra Vladislav Dukhovich (Gary Oldman), presidente da Bielorrússia acusado de genocídio. Mas o trajeto é repleto de perigos e os dois precisam deixar antigas divergências de lado em prol da sobrevivência.

Segundo trabalho do roteirista Tom O’Connor, o primeiro foi “Fogo Contra Fogo” (Fire with Fire – 2012), “Dupla Explosiva” tem o humor como principal artifício para compensar suas falhas técnicas – a mais grave delas em relação à fotografia irregular de Jules O’Loughlin. Com isso, o que encontramos na tela são diálogos para lá de afiados com altas doses de sarcasmo, embalados por uma trilha sonora de qualidade que agregam valor a esta obra, pois as canções são inseridas com precisão cirúrgica pela montagem de Jake Roberts – entre elas, “I Want to Know What Love Is”, do Foreigner, e “Hello”, de Lionel Richie.

O politicamente correto passa longe desta produção (Foto: Divulgação).

O politicamente correto passa longe desta produção (Foto: Divulgação).

Bebendo diretamente da fonte do cinema de ação dos anos 1980, sobretudo na construção do vilão estereotipado de Byrne, este longa acerta nas sequências de lutas e perseguições, tornando-se uma produção ágil e empolgante. Outro acerto fica por conta da escalação do elenco, em total sintonia entre si e seus respectivos personagens, cujos destaques são Salma Hayek (Sonia) e a dupla protagonista formada por Reynolds e Jackson.

“Dupla Explosiva” é um filme que explora com propriedade o carisma e a química de seus protagonistas, permitindo que ambos brilhem em cena, por meio do embate entre a busca pelo politicamente correto (Bryce) e a praticidade desregrada (Kincaid). E, por falar em politicamente correto, não espere um filme contido dentro dos padrões da sociedade atual, pois aqui não há papas nas línguas dos personagens nem uma personagem feminina forte que fuja do padrão instituído por Hollywood para a bombshell latina.


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52