É O Amor

Deslize da experiência de um cineasta veterano perdido em seus cacoetes

por

18 de março de 2016

“É o Amor” de Paul Vecchiali, cujo diretor ano passado foi um dos mais quotados da Mostra, com seu filme anterior “Noites Brancas no Pier”, agora acabou sendo a maior decepção da presente 39ª Mostra até então. Versando sobre conflito de casais, uma esposa descontente no casamento e acreditando que seu marido a está traindo, decide traí-lo também e recorre a um vizinho que é ator famoso e gay.

12192845_994776487262813_2142926734_o-620x345

O problema é que o ator também está num relacionamento estável, fazendo com que ambos sofram em decorrência disso. Apesar de possuir uma sinopse bastante interessante, o filme em si começa de uma maneira promissora com dois pontos de vista de uma mesma cena, na primeira briga do casal, e depois uma escapulida hilária da esposa numa festa dançante cafona em plena luz do dia, para depois desperdiçar tudo isso ladeira abaixo. Mesmo com a coincidente alusão ao ótimo novo filme recente de Hong Sang-Soo, “Right Now, Wrong Then”, devido à cena inicial em duplo ponto de vista, até mesmo o esforço de atriz-assinatura do diretor Vecchiali, Astrid Adverbe, aqui é completamente mal aplicada e subaproveitada, caindo na tênue linha do pastiche.

é-o-amor

Perde completamente a identidade tanto visual quanto de conteúdo. Emula uma espécie de kitsch almodovariano brega-chique que vai ficando cada vez mais brega e menos chique, sem falar que personagens são agregados aleatoriamente, em diálogos aleatórios e completamente desnecessários. Até o tom cômico inicial é abandonado e qualquer sutileza narrativa esquecida. Sem falar que adota um irritante cacoete em inserir momentos musicais/musicados que neste longa apenas ridicularizam ainda mais a intenção dos personagens, diferente do filme anterior “Noites Brancas no Píer” onde potencializavam a sensibilidade dramática deles. Esquecível.

Mostra de SP 2015 – Mostra Principal

É O Amor (C’est L’Amour)

França. 2015, 120 min.

De Paul Vecchiali

Com Astrid Adverbe, Pascal Cervo, Paul Vecchiali


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52