Empuxo

Capitão Ahab revisitado

por

25 de outubro de 2019

A atuação de Thanawut Kasro por “Empuxo” de Rodd Rathjen pode ser apenas a de um coadjuvante, num filme cujo rendimento fica apenas na média… Mas é o trabalho de Thanawut que eleva esta obra para um olhar digno de atenção. O ator realmente se sobressai ao elenco, e ao roteiro um pouco sádico, encarnando uma espécie de Capitão Ahab obcecado e psicótico no navio onde ocorrem as atrocidades inspiradas em fatos reais denunciadas pelo filme.

E, mesmo que não se concorde eticamente com algumas questões da obra em si e com a exotificação do sofrimento alheio, ainda mais sem tridimensionalizar o protagonista (Sarm Heng) para que ele não fosse apenas mais um dado perdido dessas denúncias despersonalizadas, é principalmente a relação dele de pupilo/tutor com Thanawut que segura o filme até o final. Parabéns para o ator que tirou leite de pedra de um arquétipo que tinha tudo para ser um mero vilão maniqueísta.

9775