Eu Estava Justamente Pensando em Você

Pode cada escolha de um casal criar realidades alternativas de sua vida amorosa?

por

14 de novembro de 2015

Todos sabem como funciona e o que esperar de uma comédia romântica. Às vezes surgem alguns filmes que subvertem os alicerces fundamentais deste gênero, como “500 Dias Com Ela” que embaralha os 500 dias de uma relação num ziguezague fora de ordem para evocar mais um sentimento obtido do que apenas relatar os fatos. Agora “Eu Estava Justamente Pensando em Você” ou o mais abstrato título original “Comet”, debut na direção de longas-metragens de Sam Esmail (criador da recente e aclamada série “Mr. Robot”), tenta agregar a metafísica ao ziguezague, querendo dizer que os fatos na vida do casal podem ou não ter acontecido assim, quase como se em realidades alternativas de si mesmos.

comet-556e167f375f4Para um exemplar do gênero funcionar é necessário acima de tudo química entre os protagonistas, especialmente se ainda retratarem a tradicional família padrão-hétero-caucasiana-jovem-rica, sem nenhuma diferença cultural, quando a regra do politicamente correto de hoje em dia é a diversidade. E os atores escolhidos são duas figuras alternativas do cinema independente, como Justin Long e Emmy Rossum, com o carisma certo para capturar o espectador e engajá-lo numa aventura romântica pelos meandros e dores de se apaixonar.

18845767_4tWlm

Caso o espectador não seja afeito a teorias metafísicas sobre um sentimento que esteja além do espaço-temporal do aqui e agora, como na novela global das seis “Além do Tempo”, talvez não se identifique com as curvas e voltas na relação do casal espalhada entre passado, presente e futuro, que podem ou não ter acontecido desta forma. Há sim certa magia do cinema nos diálogos afiados, pois o personagem do jovem irrequieto nunca está satisfeito e sempre quer discutir a relação, enquanto que, numa inversão de valores, a moça fica satisfeita com as coisas como elas são. Essa dinâmica gera ao espectador o debate de quem seria o real inseguro ali e quando e se em algum momento eles amaram um ao outro verdadeiramente. Um esforço curioso e inteligível mesmo para quem não queira muita ficção e sim mais romance, ou vice versa.


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52