Festival de Cannes 2017: Cannes vaia ‘Okja’ em sessão marcada por gafe

Dirigido pelo sul-coreano Bong Joon Ho, longa é um dos concorrentes à Palma de Ouro.

por

19 de maio de 2017

Na manhã desta sexta-feira, dia 19, a projeção de “Okja” foi interrompida por vaias violentas contra a Netflix e contra a janela de exibição, pois o formato de apresentação cortava as testas dos atores. Este problema no início da sessão aconteceu devido a um desajuste na cortina do Palais des Festivals, recolhida completamente após cerca de cinco minutos de interrupção.

Jake Gyllenhaal é um dos protagonistas deste longa que concorre à Palma de Ouro (Foto: Divulgação).

Jake Gyllenhaal é um dos protagonistas deste longa que concorre à Palma de Ouro (Foto: Divulgação).

Dirigido pelo sul-coreano Bong Joon Ho, “Okja” recebeu vaias porque a Netflix deseja lança-lo nos cinemas – ressaltando que a empresa protagonizou a primeira polêmica do festival ao ser criticada por Pedro Almodóvar, presidente do júri da competição oficial. Um dos 19 concorrentes à Palma de Ouro, este longa classificado como drama, ação e aventura, é produzido por Brad Pitt e protagonizado por Tilda Swinton e Jake Gyllenhaal.

No domingo, dia 21, mais um título produzido pela Netflix e indicado à Palma de Ouro será exibido: “The Meyerowitz Stories”, de Noah Baumbach. Resta saber como o longa protagonizado pelos comediantes Adam Sandler e Ben Stiller será recebido na Croisette.