Festival de Cannes 2019: Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho falam sobre o prêmio de “Bacurau”

Filme venceu o Prêmio da Crítica.

por

25 de maio de 2019

A 72a edição do Festival de Cannes chegou ao fim neste sábado, dia 25, dando muitas alegrias ao cinema brasileiro, dentre elas, o bom desempenho de “Bacurau”. Aclamado na Croisette, o longa venceu o Prêmio Especial do Júri, empatado com “Les Misérables”, de Ladj Ly. Após o anúncio do prêmio, os diretores Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho conversaram com exclusividade com o Almanaque. “Me dá energia para lutar”, disse Dornelles sobre a vitória.

Confira a lista de vencedores:

Palma de Ouro:
“Parasite”, de Bong Joon Ho
Grand Prix: “Atlantique”, de Mati Diop
Curta-Metragem: “La distance entre le Ciel et nous”, de Vasilis Kekatos
Direção: Jean-Pierre e Luc Dardenne, por “O jovem Ahmed”
Atriz: Emily Beecham, por “Little Joe”
Ator: Antonio Banderas, por Dor e glória”
Roteiro: Céline Sciamma, por “Portrait de une jeune fille en feu”
Prêmio do Júri: “Les Misérables”, de Ladj Ly, e “Bacurau”, de Juliano Dornelles e Kleber Mendonça Filho
Menção especial: “It must be Heaven”, de Elia Suleiman
Troféu Caméra d’Or (Filme de estreia): “Nuestras madres”, de César Diaz
Prêmio L’Oeil d’Or de Melhor Documentário: “For Sama”
Prêmio da Crítica: “It Must Be Heaven”
Prêmio do Júri Ecumênico: “A hidden life”