Festival do Rio 2016: Marat Descartes é uma garantia para “Mulher do Pai”

Filme concorre ao Troféu Redentor na Première Brasil: longa ficção.

por

14 de outubro de 2016

Na noite da última quinta-feira, dia 13, a última sessão da Première Brasil foi realizada no Cine Roxy em Copacabana, Zona Sul do Rio de Janeiro. O derradeiro concorrente foi “Mulher do Pai”, longa gaúcho dirigido por Cristiane Oliveira e protagonizado por Marat Descartes, que conversou rapidamente com o Almanaque. “Foi um desafio muito grande porque o personagem é cego. Só isso, para mim, foi um prato cheio para tentar compor esse personagem. E a história é linda. É uma história muito poética”, afirma Descartes.

Confira outros vídeos no canal oficial do Almanaque no You Tube:

https://www.youtube.com/user/almanaquista