Filmes Brasileiros do Festival do Rio e Brasília na Mostra de SP

Premiados ou controversos, muitos filmes imperdíveis, não percam

por

26 de outubro de 2017

Várias produções brasileiras que brilharam no Festival do Rio l Rio de Janeiro Int’l Film Festival e na Première Brasil, levando alguns dos principais prêmios, bem como alguns concorrentes e premiados no último Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, estão na grade da 41ª Mostra Internacional de Cinema / São Paulo International… 2017, confiram:

Praça Paris / Paris Square de Lúcia Murat – vencedor de melhor direção e atriz para Grace Passô

http://almanaquevirtual.com.br/praca-paris/

Café com Canela – filme de Glenda Nicácio e Ary Rosa, que ganhou melhor filme pelo júri popular, melhor atriz para Valdinéia Soriano e melhor roteiro no último Festival de Brasília

http://almanaquevirtual.com.br/cafe-com-canela/

As Boas Maneiras – Good Manners de Juliana Rojas e Marco Dutra, que levou 5 prêmios: melhor filme pelo Júri oficial e o Prêmio Fipresci, Prêmio Félix de temática LGBTQ, melhor atriz coadjuvante para Marjorie Estiano e direção de fotografia para Rui Poças

http://almanaquevirtual.com.br/as-boas-maneiras/

“Açúcar” de Renata Pinheiro e Sergio Oliveira que foi um dos concorrentes mais badalados da Première Brasil no Festival do Rio

http://almanaquevirtual.com.br/acucar/

“Aos Teus Olhos” de Carolina Jabor – ganhador de melhor roteiro para Lucas Paraizo, melhor ator para Daniel Oliveira, melhor ator coadjuvante para Marco Ricca

http://almanaquevirtual.com.br/aos-teus-olhos/

“Zama” de Lucrecia Martel – filme argentino com produção brasileira que acabou e ganhar melhor filme no Festival Internacional de Tóquio

http://almanaquevirtual.com.br/zama/

“Vazante” de Daniela Thomas que levou melhor direção de arte e atriz coadjuvante para Jai Baptista no Festival de Brasília

http://almanaquevirtual.com.br/peripatetico-e-vazante/

“Arábia” de Affonso Uchoa e João Dumans que levou melhor filme pelo júri oficial e melhor ator Aristides Sousa, melhor montagem e trilha sonora no Festival de Brasília

“Gabriel e a Montanha” de Fellipe Barbosa, o filme foi um dos destaques hors-concours do Festival do Rio 2017 após uma passagem por Cannes este ano, indicado ao Grande Prêmio da Semana da Crítica e ganhador de outros 2 prêmios (France 4 Visionary Award e o Gan Foundation Support for Distribution)

https://revistamoviement.net/gabriel-e-a-montanha-filme-cr%C3%ADtica-c198db796e7b

http://almanaquevirtual.com.br/arabia/

“Música para Quando as Luzes se Apagam” de Ismael Caneppele que ganhou prêmio do Prêmio Especial do Júri: Melhor Ator Social para Emelyn Fischer

http://almanaquevirtual.com.br/musica-para-quando-as-luzes-se-apagam/