Filmes na Tv – Dicas de 4ª feira

Dicas da programação

por

15 de outubro de 2014

Corra que a Polícia vem aí!

Naked-Gun-DI-4 Corra que a Pol+¡cia vem a+¡

“The Naked Gun: From the Files of Police Squad!”. De David Zucker (EUA, 1988)

Reduzido a seis episódios de 30 minutos exibidos pela rede ABC, em 1982, o seriado “Esquadrão de polícia” (“Police squad!”) teve melhor sorte no cinema, quando seu personagem central, o detetive Frank Drebin ganhou a telona. Seu intérprete foi importado da TV e transformado no protagonista da franquia “The naked gun”:  Leslie William Nielsen (1926-2010). Dublado no Brasil pelo gênio da voz Márcio Seixas, Nielsen fez de Drebin um pateta profissional, capaz de toda a sorte de trapalhada involuntária em sua luta contra o crime. Há uma sucessão de gags em seu enredo de estética paródia, cujo alvo é a dramaturgia televisiva policial dos anos 1970 e 80. O primeiro longa custou US$ 12 milhões e faturou US$ 78 milhões, tendo Drebin na cola de uma organização cuja meta é matar a Rainha da Inglaterra.
TBS, 13h50m

 maxresdefault

Professora sem classe

“Bad teatcher”. De Jake Kasdan (EUA, 2011)

Uma das comédias mais divertidas da década, “Bad teacher” custou US$ 20 milhões e arrecadou uma bilheteria estimada em US$ 216 milhões à força do carisma de Cameron Diaz. Num desempenho exemplar, dublado no Brasil por Sheila Dorfman, a loura esbanja ferormônios no papel de Elizabeth Halsey, educadora desbocada, que odeia lecionar.  Ela topa assumir uma turma apenas para conseguir o dinheiro necessário para pagar uma cirurgia para aplicar silicone nos seios. Mas o bichinho da docência vai picá-la, injetando nela o veneno da disciplina. A direção é de Jake Kasdan, que pilotou divertidos episódios da série “Freaks & Geeks”. Jake é filho do genial Lawrence Kasdan, realizador de “Corpos ardentes” (1981) e “O reencontro” (1983).

Sony, 17h30m

Robert Downey Jr. 

Zodíaco

“Zodiac”. De David Fincher (EUA, 2007)

Prestes a invadir as telas brasileiras à frente de “O juiz”, Robert John Downey Jr. exercita toda a sua genialidade para compor gente abusada no papel do repórter investigativo Paul Avery, uma figura real. Nos EUA dos anos 1970, em São Francisco, o jornalista – que era um bêbado asmático e bagaceiro profissional – ajudou o cartunista Robert Graysmith (Jake Gyllenhaal) a investigar os assassinatos atribuídos a um psicopata chamado Zodíaco. Indicada à Palma de Ouro em Cannes, de onde saiu massageada por elogios, esta produção de US$ 65 milhões é dirigida por David Fincher, o realizador do obrigatório “Garota exemplar”, já em cartaz. No Brasil, Marco Ribeiro dá voz a Downey Jr. e Felipe Grinnan dubla Gyllenhaal no longa, cuja bilheteria estacionou em US$ 84,7 milhões.

NFX, 23h