Filmes na TV – Tem brasileiro que briga pelo Oscar 2015

Veja as dicas da programação desta terça-feira!

por

14 de outubro de 2014

Cop Land (Studio Universal – 18h00)

Cop Land 1997

No melhor trabalho de sua carreira desde “Rocky, um lutador” (1976), Sylvester Gardenzio Stallone se reinventou como ator, ao aparecer 18 quilos mais gordo, ao lado de um elenco de monstros sagrados da arte de atuar, como Robert De Niro e Harvey Keitel. Num roteiro seco, com ecos da obra de Scorsese, o eterno Rambo encarna a falência do heroísmo na pele do xerife Freddy Heflin. Deficiente auditivo de um ouvido, ele não consegue entrar para a Polícia, o que é uma decepção para um morador de Garrison, cidade vizinha a NY, onde o grosso dos moradores é tira. Mas um indício de corrupção envolvendo o patrono da cidade, Ray Dolan (Keitel, dublado por Julio Chavez), envolvendo um jovem desaparecido, vai levar Heflin a contestar sua própria impotência e a lutar, com toda a sua fúria. 

Hoje eu quero voltar sozinho

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (Canal Brasil – 22h00)

Consagrado no Festival de Berlim com os prêmios Teddy (de afirmação LGBT) e Fipresci (a láurea da crítica), este drama romântico foi o longa-metragem escolhido pelo Ministério da Cultura para representar o Brasil na disputa por uma vaga ao Oscar de melhor filme estrangeiro, em 2015. O projeto é derivado do curta “Eu não quero voltar sozinho” (2010), também do diretor Daniel Ribeiro.  Na trama, o jovem deficiente visual Leonardo (Ghilherme Lobo) busca a independência, lutando para se livrar do controle excessivo dos pais. Giovana (Tess Amorim) é a confidente com quem ele compartilha sua angústias. Mas a chegada de um novo colega de escola, Gabriel (o ótimo Fábio Audi), vai mudar sua rotina, esfriando sua relação com Giovana.

Atra+º+úo perigosa The town

Atração Perigosa (SBT – 23h00)

Coroada com uma bilheteria de US$ 154 milhões, esta produção de US$ 37 milhões garantiu o status de diretor arrojado de que Benjamin Géza Affleck-Boldt (aqui dublado por Jorge Lucas) hoje desfruta. Ele foi comparado a Clint Eastwood em sua habilidade de arquitetar sequências de ação cheias de adrenalina, de modo rústico, sem exibicionismos de montagem e sem descuidar do drama interno de seus personagens. Affleck interpreta Doug, um ladrão de bancos cujo irmão, Jem (Jeremy Renner, numa atuação impecável), é um criminoso de violência incontrolável. Eles sempre agem sob disfarces. Após um assalto, Jem faz uma jovem, Claire (Rebecca Hall), de refém.  Doug vai reencontrar a moça e acaba se encantando por ela, sem deixar Claire saber de seus delitos. Mas o FBI está à espreita dele, o que complica sua vida pessoal.