‘Flausino & Sideral cantam Cazuza’: turnê começa nesta terça-feira em São Paulo

Turnê também passa por Rio de Janeiro, Recife, Natal, Fortaleza e Porto Alegre.

por

20 de setembro de 2016

Nesta terça-feira, dia 20, os irmãos Rogério Flausino e Wilson Sideral se apresentam no Teatro Bradesco em São Paulo para celebrar seu amor à música e homenagear um de seus maiores ídolos: Cazuza. A turnê “Flausino & Sideral cantam Cazuza” também passará pelo Rio de Janeiro (27/09, no Teatro Bradesco Rio), Recife (04/10, no Teatro RioMar Recife), Natal (05/10, no Teatro Riachuelo), Fortaleza (05/10, no Teatro RioMar Fortaleza) e Porto Alegre (11/10, no Auditório Araújo Vianna).

Os irmãos Rogério Flausino e Wilson Sideral juntos no palco.

Os irmãos Rogério Flausino e Wilson Sideral juntos no palco.

“Este nosso feliz reencontro tem como propósito propagar, ainda mais, a música e a poesia de Cazuza, que foram fundamentais na formação de nossa geração. É também, uma grande oportunidade de ajudar a fomentar o lindo trabalho realizado pela Sociedade Viva Cazuza, há mais de 25 anos, no combate a AIDS”, afirma Flausino, vocalista da banda Jota Quest.

Em sua primeira turnê oficial, a dupla lança ainda uma canção inédita de Cazuza, “Não Reclamo”, musicado por Sideral especialmente para o projeto em 2015 no ano passado. “Pra ser sincero, a gente não quis reinventar nada, estamos apenas matando a saudade desses fonogramas clássicos. É coisa de fã, de irmão, de amor mesmo! Nossos destinos foram traçados na maternidade”, lembra Sideral, responsável pela direção musical da turnê, prezando os arranjos originais das canções, desde o período do Barão Vermelho até a carreira solo do cantor.

Além da canção inédita, o repertório selecionado pelos irmãos, que tocaram juntos na vanda “Contacto Imediato” em 1985, conta com grandes sucessos, como: “Beth Balanço”, “Porque Que a Gente é Assim”, “Ideologia”, “O Tempo Não Pára”, “Pro Dia Nascer Feliz”, “Faz Parte Do Meu Show”, “Todo Amor Que Houver Nesta Vida”, “Eu Preciso Dizer Que Te Amo”, “Codinome Beija-Flor”, “Solidão, Que Nada”, “O Blues da Piedade”, “Exagerado”, “O Nosso Amor a Gente Inventa” e “Brasil”, além de regravações eternizadas na voz de Cazuza, como “Vida Louca Vida”, de Lobão e Bernardo Vilhena, e “Quase Um Segundo”, de Herbert Vianna.

“Flausino & Sideral cantam Cazuza” tem classificação etária livre e os ingressos já estão à venda no site da Ingresso Rápido.