Fuerza Bruta: “Muita festa”, diz elenco sobre temporada carioca

Companhia argentina estreia temporada no Metropolitan nesta sexta-feira, dia 06.

por

06 de janeiro de 2017

Na tarde da última quinta-feira, dia 05, o diretor e parte do elenco de Fuerza Bruta receberam a imprensa no Metropolitan, Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, para falar sobre a primeira passagem do grupo argentino pela cidade. A estreia na casa de shows carioca acontece nesta sexta-feira, dia 06, às 22h30.

Antes do bate-papo, marcado pela informalidade e muito bom humor da equipe, os jornalistas tiveram a oportunidade de conferir alguns trechos do espetáculo que fica em cartaz de quinta a domingo até o dia 19 de fevereiro. Um aperitivo que dá a exata noção da grandiosidade de um grupo cuja principal característica é o vigor.

Parte do elenco de Fuerza Bruta na coletiva.

Parte do elenco de Fuerza Bruta na coletiva.

Para a curta temporada no Rio de Janeiro, o Fuerza Bruta conta com a participação especial de um velho conhecido: o grupo AfroReggae, convidado pelo diretor Diqui James. “O Rio é uma cidade muito importante. No ano passado, dirigimos a Comissão de Frente da Grande Rio, no sambódromo, e foi uma experiência muito forte para nós. E queríamos um espetáculo muito festivo. Fizemos muita pesquisa sobre o que poderíamos fazer e o AfroReggae pareceu muito interessante não apenas artisticamente, mas como organização”, disse James, um dos fundadores da companhia argentina, destacando, ainda, que uma nova canção foi composta para o espetáculo e que os integrantes do AfroReggae são músicos impressionantes.

“Eles ficaram impressionados com o que viram e foi uma troca bem legal, mas a gente não imaginava que o convite ia rolar. E quando rolou, a gente ficou super surpreso e feliz. Acho que o Fuerza Bruta retrata um cotidiano que o AfroReggae consegue viver e mudar o tempo todo. A gente tem um trabalho de mais de 22 anos no Rio de Janeiro, dentro das favelas. E o Fuerza Bruta fala de violência, mudança e ressocialização. Então quando a gente foi convidado para participar desse espetáculo foi um presente”, contou Anderson Elias, um dos integrantes do AfroReggae.

Anderson Elias também falou sobre a experiência de trabalhar com o Fuerza Bruta: “Para nós do AfroReggae está sendo maravilhoso. O elenco é de primeira, está todo mundo de parabéns. A gente ficou de cara com toda essa energia. É um espetáculo que conversa muito, que tem muita expressão corporal, que é uma coisa que a gente faz também no AfroReggae. Mas essa intensidade, qualidade de equipamento e toda essa estrutura impressionam. Então, para mim, está sendo uma experiência maravilhosa”.

Companhia apresentou trechos do espetáculo à imprensa.

Companhia apresentou trechos do espetáculo à imprensa.

De acordo com os atores e bailarinos, que não têm nenhuma participação no processo criativo, há um elenco fixo composto por argentinos e o restante varia de acordo com o país em que se apresentam. Com isso, nesta temporada o Fuerza Bruta conta com profissionais brasileiros em suas apresentações. Todos igualmente preparados após cerca de um mês e meio de ensaios com a companhia. E o resultado pôde ser observado tanto na coletiva quanto durante o aperitivo concedido à imprensa, pois a interação entre brasileiros e argentinos é nítida.

Dentre os brasileiros, está a paulistana Talitha Gonçalves, que destacou que a cada dia tem uma experiência nova. “Cada show é diferente. Por mais que sejam cenas que já viram em outro país, cada experiência é diferente. Cada dia de show o público é diferente, nós estamos diferentes. É uma experiência nova”, afirmou a jovem.

Aclamado em Londres e Nova York, onde ficou em cartaz no circuito off-Broadway, o espetáculo é apresentado  em  360  graus  e  mistura  música,  dança,  efeitos  visuais  e  muitas acrobacias, mas desembarca no Rio numa versão um pouco diferente, de acordo com seu diretor. “Está é uma versão mais festiva, os cenários são mais calientes, tem uma música mais sensual. Vai ser um show mais animado e com maior comunicação com o público”, disse James sobre a diferença entre as montagens do Rio e de cidades como Nova York, Londres e Buenos Aires, onde a companhia mantém shows fixos.

A animação do Fuerza Bruta não se restringe ao espetáculo propriamente dito, uma vez que o elenco foi unânime ao afirmar a grande expectativa em relação ao público carioca, que tem fama de ser bastante receptivo. Quando atores e bailarinos foram perguntados sobre o que esperam desta curta temporada no Metropolitan, a resposta veio em uníssono: “muita festa!”. E o diretor ainda completou: “Nós somos fãs do Rio”.

Serviço:

– Local: Metropolitan – Rio de Janeiro (RJ) Av. Ayrton Senna, 3000 – Shopping Via Parque – Barra da Tijuca.

– Sessões: quintas às 21h30, sextas às 22h30, sábados às 19h e 22h30, domingos às 17h e 20h.

– Capacidade: 1.150 lugares.

– Classificação etária: livre (permitida a entrada acompanhado dos pais ou responsáveis legais).  De 12 anos em diante, permitida a entrada desacompanhados.

 

Confira algumas fotos do Fuerza Bruta:

Assista a um trecho do espetáculo: