‘Greta’ é o grande vencedor do 29° Cine Ceará

“Marie”, de Leo Tabosa, conquista o prêmio de Melhor Curta-metragem

por

07 de setembro de 2019

Terminou na noite desta sexta-feira, 6 de setembro29º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema. O filme Greta, de Armando Praça, foi o grande vencedor.  A produção cearense ganhou o Troféu Mucuripe nas categorias de Melhor Longa-metragem, Melhor Direção e Melhor Ator para Marco Nanini. solenidade foi realizada no Cineteatro São Luiz. Antes do anúncio dos vencedores, o ator Matheus Nachtergaele foi homenageado pelo festivalrecebendo o Troféu Eusélio Oliveira. A entrega foi feita pelo ator Luis Fernando Guimarães. 

peruano Canção sem Nome, de Melina León, conquistou quatro prêmiosde Melhor Fotografia para Inti BrionesMelhor Trilha Sonora Original para Pauchi SasakiPrêmio Olhar Universitário e Prêmio da Crítica

coprodução Cuba-Alemanha A Viagem Extraordinária de Celeste García, de Arturo Infantefoi agraciada com três prêmiosMelhor Atriz para Maria Isabel DíazMelhor Roteiro para Arturo Infante e Melhor Montagem para Joanna Montero. 

documentário Ressaca, de Patrízia Landi e Vincent Rimbauxrecebeu o prêmio de Melhor Som para Romain Huonnic e o longa cearense Notícias do Fim do Mundo, de Rosemberg Cariryconquistou o prêmio de Melhor Direção de Arte para Sérgio Silveira.

O júri de Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem foi composto porPaulo Mendonça (Brasil), Patricia Martín (Argentina), Marco Muhletarler (Peru), Ricardo Acosta (Cuba) e Maria Paula Lorgia (Colômbia). Júri da Crítica / Abraccine foi composto por Luiz ZaninIsmaelino Pinto e Cristiana Parentejúri Olhar Universitário foi composto por Evelyne Alves Cavalcante (representante da UFC), Rafael Luan da Silva (representante da Vila das Artes) e Antônio Leão de Souza Neto (representante da Unifor).

COMPETITIVA BRASILEIRA DE CURTA-METRAGEM

Na Competitiva Brasileira de Curta-metragem o filmeMarie, de Leo Tabosa, de Pernambuco, ganhou o Troféu Mucuripe de Melhor Curtaeleito pelo júrioficial da mostraFoivencedortambém do Prêmio Mistika(R$ 14 milem serviços).

O júrioficial da mostra concedeu o Troféu Mucuripe de Melhor Direção paraGiu Nishiyama e Pedro Nishi, de São Paulopelo filmeLivro e Meio. curta também conquistou o Prêmio da Crítica para Curta-metragem. 

curta do Rio Grande do Norte O Grande Amor de um Lobo, de Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa, conquistou o prêmio de Melhor RoteiroPop Ritual, de Mozart Freire, foi eleito a Melhor ProduçãoCearense, e também garantiu os prêmios especiais Olhar Universitário, CTAV – Centro Técnico Audiovisual (20 horas em serviço de mixagem) e Link Digital  (serviços de finalização). 

alagoano Ilhas de Calor de Ulisses Arthur, conquistou o Troféu Samburá de Melhor Curta-metragem e paulista Rua Augusta, 1029, de Mirrah Iañezganhou Troféu Samburá de Melhor Direção. O prêmio é oferecido pelo Vida & Arte – Fundação Demócrito Rocha.

Na solenidade de premiaçãotambém foi concedido o Prêmio Canal Brasil de Curta-metragemO vencedorgrande amor de um lobofoi agraciado com R$ 15 mil.

Compuseram o júrioficial da Competitiva Brasileira de Curta-metragem Jair Silva (Brasil), Simone Mesquita (Brasil), Diego Cañizal (Espanha), Danilo Carvalho (Brasil) e Suzana Costa (Brasil).

OLHAR DO CEARÁ

A MostraOlhar do Ceará premiou dois filmes em cinco categorias. O longa Currais, de David Aguiar e Sabina Colaresconquistou o prêmio de Melhor Longa-metragemO júri foi composto porSuyene Correia Santos, Luana Sampaio e Isabela Cribari

curta Aqueles Dois, de Émerson Maranhão, ganhou os prêmios de Melhor Curta-metragemPrêmio Mistika (R$ 14 milem serviços), Prêmio UNIFOR de Cinema (R$ 5 mil) e o Prêmio CTAV (empréstimo de equipamentos e acessórios).

PRÊMIO ÁGUA E FUTURO

O Cine Ceará, em parceria com a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), lançoueste ano o Prêmio Água e Futuro, voltado para filmes captadosem aparelhos celulares. O vencedorescolhido pelo JúriOlhar UniversitáriofoiOlho D´águade Anália Alencar, que ganhou prêmio de R$ 3 mil.  

O 29º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, aconteceu de 30 de agosto a 6 de setembro em Fortaleza. É uma realização da Secretaria Especial da Cultura – Governo Federal, Associação Cultural Cine Ceará e Bucanero Filmes, com apoio do Governo do Estado do Ceará por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC), Secretaria Estadual da Cultura, e da Prefeitura de Fortaleza através da Secultfor. Conta com patrocínio de empresas públicas e privadas, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, através da SP Combustíveis, M. Dias Branco, Cagece, Banco do Nordeste, Café Santa Clara, Nacional Gás, Cegás, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) e Agência Nacional de Cinema (ANCINE). A promoção é da Universidade Federal do Ceará, através da Casa Amarela Eusélio Oliveira. Agradecimentos: Enel.

OS VENCEDORES

MOSTRA COMPETITIVA IBERO-AMERICANA DE LONGA-METRAGEM

TROFEU MUCURIPE

(Juri Oficial) 

Melhor Longa-metragem: Greta

Melhor Direção: Armando Praçapor Greta

Melhor Roteiro: Arturo Infantepor Viagem Extraordinária de Celeste García

Melhor Fotografia: Inti Briones, por Canção sem Nome

Melhor Montagem: Joanna Montero, por A Viagem Extraordinária de Celeste García

Melhor SomRomain Huonnicpor Ressaca

Melhor Trilha Sonora Original: Pauchi Sasaki, porCanção sem Nome

Melhor Direção de Arte: Sérgio Silveirapor Notícias do Fim do Mundo

Melhor AtrizMaría Isabel Díazpor Viagem Extraordinária de Celeste García

Melhor Ator: Marco Naninipor Greta

PRÊMIOS ESPECIAIS

Prêmio da Crítica (Júri Abraccine): Canção sem Nome, de Melina León

Prêmio Olhar Universitário (Júri Olhar Universitário) 

Troféu Mucuripe – Melhor Longa: Canção sem Nome, de Melina León

 

MOSTRA COMPETITIVA BRASILEIRA DE CURTA-METRAGEM

TROFÉU MUCURIPE

(Júri Oficial) 

Melhor Curta-metragem: Marie, de Leo Tabosa

Melhor DireçãoGiu Nishiyama e Pedro Nishi, por Livro e Meio

Melhor Roteiro: Kennel Rogis e Adrianderson Barbosa, porO Grande Amor de um Lobo

Melhor ProduçãoCearense: Pop Ritual, de Mozart Freire

 

PRÊMIOS ESPECIAIS

 

Prêmio da Crítica (Juri Abraccine): Livro e Meio, de Giu Nishiyama e Pedro Nishi

 

Prêmio Olhar Universitário (Júri Olhar Universitário)

Troféu Mucuripe – Melhor CurtaPop Ritual, de Mozart Freire

 

Prêmio Canal Brasil de Curta-Metragem

Troféu Canal Brasil:grande amor de um lobo

 

Troféu Samburá

(Vida & Arte – Fundação Demócrito Rocha)

Melhor Curta-metragem: Ilhas de Calor, de Ulisses Arthur

Melhor diretorMirrah  Iañezpor Rua Augusta 1029

 

Prêmio Mistika

Melhor filme da Competitiva Brasileira de Curta-metragem: Marie, de Leo Tabosa

 

Prêmio CTAV – Centro Técnico Audiovisual

Melhor Produção Cearense de Curta-MetragemPop Ritual, de Mozart Freire

 

Prêmio Link Digital

Melhor Produção Cearense de Curta-Metragem: Pop Ritual, de Mozart Freire

 

MOSTRA OLHAR DO CEARÁ

 

TROFÉU MUCURIPE

(Júri Olhar do Ceará) 

Melhor Longa-metragem – Currais, de David Aguiar e Sabina Colares

Melhor Curta-metragem – Aqueles Dois, de Émerson Maranhão