Indicação da Venezuela para o Oscar 2021 “Era Uma Vez na Venezuela” será exibido nesta segunda (07/12) no 30º Cine Ceará

Documentário de Anabel Rodríguez passou pelos festivais de Sundance, Miami, Venezuela, Toronto e pelo HotDocs (Canadá)

por

07 de dezembro de 2020

A indicação da Venezuela para concorrer à vaga de Melhor Filme Internacional no Oscar 2021 Érase una vez en Venezuela” (Era Uma Vez na Venezuela), documentário de Anabel Rodríguez, será o filme desta segunda-feira (07/12) n30ª ediçãodoCineCeará - Festival Ibero-americano de CinemaA coprodução Venezuela-Reino Unido-Áustria-Brasil, passou pelos festivais de Sundance, Miami, Venezuela, Toronto e pelo HotDocs (Canadá). O longa integra Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa-metragem.  

De manhã, a partir das 10h, começa o debate sobre os dois longas-metragens da mostra competitiva, exibidos na noite anterior.  

Às 14h, no Cineteatro São Luiz, o longa-metragem elogiado pela crítica “Cabeça de Nêgo, drama de Déo Cardoso, será exibido na Mostra Olhar do Ceará. 

 

Confira a programação completa do dia 07/12 abaixo: 

 

PROGRAMAÇÃO 07/12 (SEGUNDA-FEIRA) 

Sala de Debate e Canal do Cine Ceará no Youtube 

10H – DEBATE – MOSTRA COMPETITIVA IBERO-AMERICANA DE LONGA-METRAGEM  

Las Buenas Intenciones (As Boas Intenções). Ana García Blaya. Ficção. 86′ Argentina. 2020. 

Última Cidade. Victor Furtado. Ficção. 70’. Brasil. 2020.  

 

14H – DEBATE – MOSTRA OLHAR DO CEARÁ (CURTAS EXIBIDOS NAS SESSÕES 3 E 4) 

Scelus. Edmilson Filho. Ficção, 10’. Ceará. 2020. 

Doce VenenoWaleska Santiago. Documentário. 16’. Ceará. 2020. 

CacauTon Martins. Ficção. 16’. Ceará. 2020.  

Quando vier a primavera, se eu já estiver morto… Robson Lima. Ficção. 15’. Ceará. 2019. 

Santa Mãe. Thiago Barbosa. Drama/Suspense. 24’. Ceará. 2019. 

 

Cineteatro São Luiz 

14H – MOSTRA OLHAR DO CEARÁ – LONGA-METRAGEM 

Cabeça de NêgoDéo Cardoso. Drama. 86′. CE-Brasil. 2020. 

 

Cineteatro São Luiz e Canais Globo https://canaisglobo.globo.com/c/canal-brasil/ 

20H – MOSTRA COMPETITIVA IBERO-AMERICANA DE LONGA-METRAGEM 

Érase Una Vez en Venezuela, Congo Mirador (Era Uma Vez na Venezuela) Anabel Rodríguez. Documentário. 99′. Venezuela-Reino Unido-Áustria-Brasil. 2020. Classificação indicativa: 12 anos 

 

9h às 22h – MOSTRA OLHAR DO CEARÁ – CURTA-METRAGEM 

SESSÃO 5 

Classificação indicativa: Livre 

Todos nós moramos na rua. Marcus Antonius Melo. Documentário. 15’. Ceará. 2019. 

O Prisma. Augusto Cesar dos Santos. Documentário, 25’. Ceará. 2019. 

 

TVC 

21h – MOSTRA OLHAR DO CEARÁ – CURTA-METRAGEM 

Pequenas Considerações sobre o Espaço-Tempo. Michelline Helena. Documentário. 3’. Ceará. 2020. 

ScelusEdmilson Filho. Ficção, 10’. Ceará. 2019. 

 

DISPONÍVEL DE 05 A 11/12: 

 

MOSTRA COMPETITIVA BRASILEIRA DE CURTA-METRAGEM 

5 estrelas. Fernando Sanches. Ficção. 15’. São Paulo. 2020. 

Classificação indicativa: Livre 

A beleza de Rose. Natal Portela. Ficção. 20’. Ceará. 2020. 

Classificação indicativa: Livre 

A Nave de Mané Socó. Severino Dadá. Ficção. 18’. Pernambuco. 2019. 

Classificação indicativa: Livre 

A volta para casa. Diego Freitas. Ficção. 16’. São Paulo. 2019.  

Classificação indicativa: Livre 

Desaparecido. Gabriel Calamari. Ficção. 21’. São Paulo. 2020.  

Classificação indicativa: 12 anos 

Inabitável. Matheus Farias e Enock Carvalho. Ficção. 20’. Pernambuco. 2020.  

Classificação indicativa: Livre 

Magnética. Marco Arruda. Experimental. 16’. Rio Grande do Sul. 2020.  

Classificação indicativa: 12 anos 

Não te amo mais. Yasmin Gomes. Documentário. 10’. Ceará. 2020. 

Classificação indicativa: Livre 

Nós. Hugo Moura e Ricardo Burgos. Ficção. 9’. Rio de Janeiro. 2019.  

Classificação indicativa: 14 anos 

O Babado da ToinhaSérgio Bloch. Documentário. 13’. Rio de Janeiro.2020.  

Classificação indicativa: 10 anos 

O Barco e O Rio. Bernardo Ale Abinader. Ficção. 17’. Amazonas.2020.  

Classificação indicativa: Livre 

O sal da vida. Danilo Carvalho. Documentário. 4’. Piauí. 2020. 

Classificação indicativa: Livre 

Parabéns a Você. Andreia Kaláboa. Ficção.  19’. Paraná. 2019. 

Classificação indicativa: 10 anos 

Quitéria. Tiago A Neves. Ficção. 14’. Paraíba. 2019. 

Classificação indicativa: Livre 

Vista para dias nublados. Ana Luísa Moura. Ficção. 11’. Rio Grande do Sul. 2019. 

Classificação indicativa: Livre 

 

Canal do Cine Ceará no Youtube 

MOSTRA HÁBITOS 

Classificação indicativa: Livre 

Fim do sonho branco. Victor Furtado. Experimental. 3’. CE-Brasil. 2020. 

TrajetóriaJosé Walter Brilhante Júnior. Ficção. 2.58’. CE-Brasil. 2020. 

Guerreiro das águasGenaria dos Santos e Patrícia Braga. Documentário. 3’. CE-Brasil. 2020. 

S.A.C.Rodrigo Passolargo. Ficção. 3’. CE-Brasil. 2020. 

Nati e o bom uso da águaManuell Neto. Experimental. 2.59’. CE-Brasil. 2020. 

O 30º Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema é uma realização do Ministério do Turismo, através da Secretaria Especial da Cultura, da Associação Cultural Cine Ceará e da Bucanero Filmes. Tem o apoio institucional do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura, e da Universidade Federal do Ceará, via Casa Amarela Eusélio Oliveira. Conta com o Canal Brasil como Exibidor Oficial, com o apoio cultural da Cegás, CTAV e Unifor. Tem ainda o patrocínio VIP da Indaiá, Esmaltec e Banco do Nordeste e o patrocínio da CageceAdria e Piraquê, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura (SIEC) e da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Agradecimentos: Enel. 

SERVIÇO  

30° Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema – De 05 a 11 de dezembro de 2020 em formato presencial em Fortaleza, Ceará, online no Canal Brasil – no serviço de streaming Canais Globo, pela TVC, pelo canal do festival no Youtube e mídias sociais de parceiros. Informações: www.cineceara.com. Email: contatos@cineceara.com. Instagram: @cinecearaFacebookFestivalCineCearaYoutubeCineCeara. 

 

Fonte: ASSESSORIAS DE IMPRENSA: via dégagé e Primeiro Plano