Indicados ao Globo de Ouro 2016

Algumas surpresas como ausência de "Que Horas Ela Volta?" de filme estrangeiro, mas inclusão de Wagner Moura por ator em série dramática por "Narcos"

por

10 de dezembro de 2015

O Globo de Ouro anuncia seus indicados com algumas surpresas afora do crescente favoritismo por algumas obras, como a ausência para os brasileiros de “Que Horas Ela Volta?” de filme estrangeiro, mas inclusão de Wagner Moura por ator em série dramática por “Narcos”.

Slide1

No cinema, confirmados inúmeros fortes candidatos para o Oscar de filme e de seus respectivos atores, como “Carol”, “Mad Max: Estrada da fúria”, “O regresso”, “O quarto de Jack”, “Spotlight” e a entrada de última hora de “Trumbo” na jogada e seu avassalador protagonista Bryan Cranston (de “Breaking Bad”). Além da já prevista reviravolta em se indicar o sucesso inesperado sci-fi de público e crítica “Perdido em Marte” como melhor Comédia, até porque o filme tece ironias divertidíssimas na crítica ao governo e a Nasa em lidar com um astronauta perdido na pele do também indicado Matt Damon. Outra já antecipada foi a indicação de Sylvester Stallone por seu retorno ao papel de Rocky Balboa, desta vez como treinador do filho do falecido amigo Apollo no filme “Creed”. Outra surpresa foi a recordação do sci-fi “Ex Machina”, lançado apenas em blu-ray no Brasil, e a interpretação marcante da crescente estrela Alicia Vikander, também indicada este ano por “A Garota Dinamarquesa”, que até ofuscou um pouco seu coprotagonista travestido Eddie Redmayne, ganhador do Oscar ano passado.

globo de ouro séries

E por incrível que pareça, as indicações para a televisão tiveram alguns dos mais inesperados reconhecimentos merecidos, como o maior número de indicações para a Netflix, ratificando seu vanguardismo, inclusive com a produção internacional de “Narcos” pela qual foi indicado o ator brasileiro Wagner Moura (de “Tropa de Elite”). Outras novidades na lista são o maior reconhecimento a séries com temas diversificados que não puramente o drama, como terror por exemplo, geralmente menos lembrado, como “Penny Dreadful” e a indicação de atriz para Eva Green (de “Os Sonhadores” e “Cassino Royale”). Além de “Penny”, a minissérie também de terror “American Horror Story”, geralmente lembrada com indicação de coadjuvante para Jessica Lange, desta vez prestigiou Lady Gaga, sim, exatamente, a cantora-atriz. Outros favoritos pela verve transgressora do discurso de seus personagens são Viola Davis por sua personagem bissexual e ambígua criminalmente em “How to Get Away with Murder” e Jeffrey Tambor como o pai travestido de “Transparent”.

Confira Lista Completa:

Melhor filme de drama
“Carol”
“Mad Max: Estrada da fúria”
“O regresso”
“O quarto de Jack”
“Spotlight”

Melhor filme de comédia ou musical
“A grande aposta”
“Joy: O nome do sucesso”
“Perdido em Marte”
“A espiã que sabia de menos”
“Descompensada”

Melhor diretor
Todd Haynes (“Carol”)
Alejandro Iñarritu (“O regresso”)
Tom McCarthy (“Spotlight”)
George Miller (“Mad Max: A estrada da fúria”)
Ridley Scott (“Perdido em Marte”)

Melhor ator de drama
Bryan Cranston (“Trumbo”)
Leonardo DiCaprio (“O regresso”)
Michael Fassbender (“Steve Jobs”)
Eddie Redmayne (“A garota dinamarquesa”)
Will Smith (“Concussion”)

Melhor ator de comédia ou musical
Christian Bale (“A grande aposta”)
Steve Carell (“A grande aposta”)
Matt Damon (“Perdido em marte”)
Al Pacino (“Não olhe para trás”)
Mark Ruffalo (“Sentimentos que curam”)

Melhor atriz de drama
CateBlanchett(“Carol”)
Brie Larson (“O quarto de Jacki”)
Rooney Mara (“Carol”)
Saoirse Ronan (“Brooklyn”)
Alicia Vikander (“A garota dinamarquesa”)

Melhor atriz de comédia ou musical
Jennifer Lawrence (“Joy: O nome do sucesso”)
Melissa McCarthy (“A espiã que sabia de menos”)
Amy Schumer (“Descompensada”)
Maggie Smith (“A senhora da van”)
Lily Tomlin (“Grandma”)

Melhor ator coadjuvante
Paul Dano (“Love & Mercy”)
Idris Elba (“Beasts of no nation”)
Mark Rylance (“Ponte dos espiões”)
Michael Shannon (“99 Homes”)
Sylverster Stallone (“Creed”)

Melhor atriz coadjuvante
Jane Fonda (“Youth”)
Jennifer Jason Leigh (“Os 8 odiados”)
Helen Mirren (“Trumbo”)
Alicia Vikander (“Ex machina: Instinto artificial”)
Kate Winslet (“Steve Jobs”)

Melhor roteiro
“O quarto de Jack”
“Spotlight”
“A grande aposta”
“Steve Jobs”
“Os 8 odiados”

Melhor filme de comédia ou musical
“A grande aposta”
“Joy”
“Perdido em Marte”
“A espiã que sabia de menos”
“Descompensada”

Melhor animação
“Anomalisa”
“O bom dinossauro”
“Divertida mente”
“Snoopy e Charlie Brown – Peanuts, o filme”
“Shaun, o carneiro”

Melhor filme estrangeiro
“The brand new testament”
“The club”
“The fencer”
“Mustang”
“Son of Saul”

Melhor trilha sonora
Carter Burwell (“Carol”)
Alexandre Desplat (“A garota dinamarquesa”)
Ennio Morricone (“Os 8 odiados”)
Daniel Pemberton (“Steve Jobs”)
“Ryuichi Sakamoto e Alva Noto (“The revenant”)

Melhor canção
“Love me like you do” (“Cinquenta tons de cinza”)
“One kind of love” (“Love & Mercy”)
“See you again” (“Velozes e Furiosos 7”)
“Simple song #3” (“Youth”)
“Writing on the wall” (“007 contra Spectre”

globo de ouro séries

Melhor série de drama
“Empire”
“Game of thrones”
“Mr. robot”
“Narcos”
“Outlander”

Melhor série de comédia ou musical
“Mozart in the jungle”
“Orange is the new black”
“Silicon Valley”
“Transparent”
“Veep”

Melhor minissérie ou filme para TV
“American crime”
“American horror story: Hotel”
“Fargo”
“Flesh & Bone”
“Wolf hall”

Melhor ator em série dramática
Wagner Moura (“Narcos”)
Jon Hamm (“Mad men””
Rami Malek (“Mr. robot”)
Bob Odenkirk (“Better call Saul”)
Liev Schreiber (“Ray Donovan”)

Melhor ator em série de comédia ou musical
Aziz Ansari (“Master of none”)
Gael García Bernal (“Mozart in the jungle”)
Rob Lowe (“The grinder”)
Patrick Stewart (“Blunt talk”)
Jeffrey Tambor (“Transparent”)

Melhor atriz em série dramática
Caitriona Balfe (“Outlander”)
Viola Davis (“How to get away with muder”)
Eva Green (“Penny Dreadful”)
Taraji P. Henson (“Empire”)
Robin Wright (“House of cards”)

Melhor atriz em série de comédia ou musical
Rachel Bloom (“Crazy ex-girlfriend”)
Jamie Lee Curtis (“Scream queens”)
Julia Louis-Dreyfus (“Veep”)
Gina Rodriguez (“Jane the virgin”)
Lily Tomlin (“Grande and Frankie”)

Melhor ator minissérie ou filme para a TV
Idris Elba (“Luther”)
Oscar Isaac (“Show me a hero”)
David Oyelowo (“Nightingale”)
Mark Rylance (“Wolf hall”)
Patrick Wilson (“Fargo”)

Melhor atriz em minissérie ou filme para a TV
Kirsten Dunst (“Fargo”)
Lady Gaga (“American horror story: Hotel”)
Sarah Hay (“Flesh & Bone”)
Felicity Huffman (“American crime”)
Queen Latifah (“Bessie”)

Melhor ator coadjuvante em série, minissérie ou filme para a TV
Alan Cumming (“The good wife”)
Damian Lewis (“Wolf hall”)
Ben Mendelsohn (“Bloodline”)
Tobias Menzies (“Outlander”)
Christian Slater (“Mr. robot”)

Melhor atriz coadjuvante em série, minissérie ou filme para a TV
Uzo Aduba (“Orange is the new black”)
Joanne Froggatt (“Downton Abbey”)
Regina King (“American crime”)

Judith Light (“Transparent”)
Maura Tierney (The affair”)