Micróbio e Gasolina

Traz de volta a possibilidade de se crer que os jovens possam construir seus sonhos em realidade

por

14 de outubro de 2015

“Micróbio e Gasolina” é daqueles filmes que simplesmente faz sair da sessão revigorado. Resgatando a inocência da infância cheia de criatividade artesanal, o cineasta francês Michel Gondry, mais lembrado pelos filmes americanos “Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças” e “Rebobine Por Favor”, traz de volta a possibilidade de se crer que os jovens possam construir seus sonhos em realidade. Para tanto, conta a história de dois pré-adolescentes desajustados e meio impopulares na França, um que ainda não definiu exatamente sua personalidade, e outro, pelo contrário, com personalidade e autoconfiança até demais. Juntos eles planejam construir um carro e tirar férias sozinhos e autônomos longe dali.

232542.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Bebendo da fonte de seus filmes anteriores e dispensando ‘efeitos especiais’ computadorizados, pois tudo o que faz costuma ser à mão como o incrível automóvel de nuvem de “A Espuma dos Dias”, Gondry vai nos desvelando como fazer de verdade um carro juntamente com os garotos, que inclusive vira uma casa ambulante onde dormem durante as noites da viagem, totalmente possível e crível. Os atores centrais também estão ótimos, mesmo que o resto do elenco seja subaproveitado, como a musa francesa Audrey Tautou, a eterna Amélie Poulain, mais presente como assinatura do diretor. E a história se desvela saborosamente como um rito de passagem à la “Conta Comigo”. Apesar de investir mais no personagem do menino sem tanta personalidade, já que o carisma do amigo é que o ensina as coisas da vida, uma série de desventuras engraçadas e agridoces vão endurecendo a couraça do primeiro e desnudando os verdadeiros problemas do segundo, ocultos a princípio sob camadas de bom humor e aparente autoestima. Irreverente e despretensioso, possui um encanto que análise nenhuma seja de técnica ou conteúdo pode diminuir. Daquelas obras que ganham mais significados sobre o crescer tanto para as crianças quanto para os adultos que o assistirem em mais de uma fase de suas vidas.

microbe

Festival do Rio 2015 – Panorama do Cinema Mundial

Micróbio & Gasolina (Microbe et Gasoli)

França, 2015. 103 min.

De Michel Gondry

Com: Audrey Tautou, Théophile Baquet, Ange Dargent


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52