Morre cineasta italiano Vittorio Taviani aos 88 anos

Cineasta dirigiu 15 filmes ao lado do irmão Paolo, inclusive já tendo ganho a Palma de Ouro em Cannes e o Urso de Ouro em Berlim

por

15 de abril de 2018

italian-filmmaker-759

Morre Vittorio Taviani (foto abaixo, à direita), cineasta que junto com seu irmão Paolo Taviani assinaram quinze longas-metragens juntos. O mais famoso deles, ‘Padre Padrone’, ganhou a Palma de Ouro de Cannes em 1977. O mais recente a arrebatar todos os prêmios merecidamente e efusivamente foi a obra-prima “César Deve Morrer”, que levou o Urso de Ouro e o Prêmio do Júri Ecumênico em 2012 na Berlinale (eu inclusive pude entrevistar a produtora do filme à época, o que um aprendizado maravilhoso) – filmado dentro de um presídio e encenado por ex-presidiários e alguns membros ainda encarcerados numa metalinguagem da arte shakespeariana com a função de ressocialização de um sistema prisional mais avançado do que o nosso. 

Crítica no Almanaque Virtual para “César Deve Morrer”:

 
Crítica do último filme que ambos assinaram juntos antes de Vittorio adoecer e piorar: “Maravilhoso Boccaccio”:
 
hqdefault