Mostra Melhores do Ano pela ACCRJ no CCBB

Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro exibe os filmes eleitos como Melhores de 2016 em Mostra no CCBB de 18/01 a 06/02 de 2017

por

12 de janeiro de 2017

A 14ª Mostra Melhores Filmes do Ano da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro (ACCRJ) vai de 18 de janeiro a 6 de fevereiro no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). O evento já faz parte do calendário cultural da Cidade Maravilhosa.

O melhor filme do ano ficou com “Elle”, a obra do sempre polêmico cineasta holandês Paul Verhoeven. Já o melhor filme brasileiro ficou com o diretor Kleber Mendonça Filho, que está presente na grande maioria de listas das associações e publicações ao redor do planeta. Junto dele os veteranos Woody Allen (“Café society”), Quentin Tarantino (“Os oito odiados”), Jafar Panahi (“Taxi Teerã”), Charlie Kaufman (“Anomalisa”), Todd Haynes (“Carol”), Jia Zhangke (“As montanhas se separam”), Hong Sang-Soo (“Certo agora, errado depois”) e Béla Tarr (“O cavalo de Turim”). As escolhas da ACCRJ também prestigiam os iniciantes Robert Eggers (“A bruxa”) e László Nemes (O filho de Saul”), que nos seus filmes de estreia já conseguiram arrebatar a crítica e o público.

Os homenageados desta edição: os cineastas Abbas Kiarostami e Hector Babenco. Ainda no campo das homenagens a ACCRJ publica nesse catálogo o texto do jornalista, curador e crítico José Carlos Avellar sobre o filme “As montanhas se separam”. Avellar apontava o longa de Jia Zhangke, como o melhor do festival de 2015. Mestre Avellar nos deixou no dia 18 de março de 2016 e essa lacuna nunca será preenchida. Além de membro fundador da ACCRJ, Avellar foi eleito por diversos veículos internacionais como o melhor crítico de cinema da América do Sul e entre os melhores do mundo.

O prêmio Iniciativa Cinematográfica ficou com o produtor Cavi Borges pelos 20 anos da Cavídeo, sua produtora, que vem fazendo cinema na raça, lançando novos profissionais no mercado, além de recuperar mestres que há muito tempo não filmavam. Tudo isso sem patrocínio. A mostra Melhores Filmes do Ano tem opção para diferentes gostos, e todos os filmes e homenagens terão debates reunindo os críticos da ACCRJ e convidados das mais diferentes áreas de atuação. Uma ótima oportunidade para o público colocar suas ideias, mostrando se concorda ou não com os críticos.

Programação:

18/1
15h Carol (120 min)
17h30 Elle (130 min)
19h30 Debate com a atriz Bianca Comparato, além dos membros da ACCRJ Ana Rodrigues e Rodrigo Fonseca.

19/1
16h Taxi Teerã (86 min)
17h30 O Filho de Saul (107 min)
19h30 Debate com a cineasta Petra Costa, além dos membros da ACCRJ Filippo Pitanga e Ricardo Cota.

20/1
15h Certo Agora, Errado Antes (120 min)
17h30 As Montanhas se Separam (126 min)
19h30 Debate com o cineasta Dodô Azevedo, além dos membros da ACCRJ Gilberto Silva Jr. e Pedro Butcher.
Antes do início do debate, o produtor Cavi Borges receberá o prêmio Iniciativa Cinematográfica 2016 pelos 20 anos da Cavídeo.

21/1
19h Elle (130 min)

22/1
15h Certo Agora, Errado Antes (120 min)
17h30 O Cavalo de Turim (146 min)

23/1
14h10 Os Oito Odiados (188 min)
17h40 Café Society (96 min)
19h30 Debate com a cineasta Júlia Rezende, além dos membros da ACCRJ Luiz Fernando Gallego e Marcelo Janot.

25/1
15h O Cavalo de Turim (146 min)
17h40 A Bruxa (93 min)
19h30 Debate com a atriz Fernanda de Freitas, além dos membros da ACCRJ Carlos Brito e Mario Abbade.

26/1
15h Aquarius (145 min)
17h40 Anomalisa (91 min)
19h30 Debate com o diretor de animação Andrés Lieban, além dos membros da ACCRJ Leonardo Luiz Ferreira e Ricardo Largman.
Kleber Mendonça Filho, diretor de “Aquarius”, não pôde confirmar presença, mas, se ele não puder comparecer, outro integrante da equipe do filme estará presente para receber o troféu ACCRJ.

27/1
14h O Filho de Saul
16h A Bruxa (93 min)
18h Os Oito Odiados (188 min)

28/1
16h Café Society (96 min)
18h Anomalisa (91 min)

29/1
15h30 As Montanhas se Separam (126 min)
18h Carol (120 min)

30/1
16h30 Meu Amigo Hindu (124 min)
18h30 Cópia Fiel (106 min)

1/2
16h Aquarius (145 min)
19h Taxi Teerã (86 min)

2/2
16h Cópia Fiel (106 min)
18h As Montanhas se Separam (126 min)

3/2
16h Taxi Teerã (86 min)
18h Os Oito Odiados (188 min)

4/2
16h Anomalisa (91 min)
18h Café Society (96 min)

5/2
16h Carol (120 min)
18h30 A Bruxa (93 min)

6/2
16h Meu Amigo Hindu (124 min)
18h30 Cópia Fiel (106 min)

Vinheta produzida pela Dos Vôos – Soluções em Arte e Design, por Fabiano Araruna