Multipremiado filme “Tinta Bruta” estreia no Brasil

Um dos filmes brasileiros mais premiados do ano estreia em circuito comercial

por

05 de dezembro de 2018

Já estreia nesta quinta-feira dia 06/12 um dos filmes mais premiados do ano, “Tinta Bruta” de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, premiado como no Festival de Berlim e agora mais recentemente vitorioso das principais láureas do Festival do Rio 2018, como melhor filme, ator e ator coadjuvante (Shico Menegat e Bruno Fernandes) e roteiro (escrito pelos próprios diretores).

Confira os diretores Filipe Matzembacher e Marcio Reolon dando uma palinha para o nosso Almanaque Virtual e convidando a todos para assistir “Tinta Bruta”:

Um filme que este crítico que vos escreve pôde acompanhar a recepção desde sua estreia mundial no Festival de Berlim, em que o público alemão, geralmente um pouco frio como a condição climática que os cerca por boa parte do ano, recebeu super calorosamente a narrativa queer anáquica e esteticamente inspirada pelo erotismo de vanguarda.
E ganhou mais de um prêmio em Berlim talvez em parte justamente por esse impacto queer na linguagem e na multiplicidade de filmes LGBTQI+ que andamos realizando no Brasil frente a falta de diversidade de outros países.

Crítica no Almanaque Virtual:
http://almanaquevirtual.com.br/tinta-bruta/

Crítica em vídeo direto do Festival de Berlim no início de 2018:
https://m.youtube.com/watch?v=wqcOxmbfOkU&t=7s

Lista de premiados no Festival do Rio 2018:
http://almanaquevirtual.com.br/premiados-no-20-festival-do-rio/

“TINTA BRUTA”, de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon, estreia nesta quinta-feira, dia 6 de dezembro nas cidades Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Caxias do Sul, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Indaiatuba, Juiz de Fora, Londrina, Maceió, Manaus, Natal, Niterói, Palmas, Pelotas, Porto Alegre, Rio Branco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Salvador, Santa Maria, Santos, São Bernardo do Campo, São Paulo, São Leopoldo, São Luis, Teresina e Vitória, a preços populares R$ 12,00 a inteira e R$ 6,00 a meia entrada, através da @sessaovitrine
O filme acompanha Pedro, um jovem que enquanto responde a um processo criminal, é forçado a lidar com a mudança da irmã para o outro lado do país. Sozinho no escuro do seu quarto, ele dança coberto de tinta neon, enquanto milhares de estranhos o assistem pela webcam. Exibido no Festival de Berlim, onde levou o Teddy Awards, passou por mais de 50 festivais mundo afora, inclusive no Festival Internacional de Cinema do Rio, onde levou o prêmio de Melhor Filme, Melhor Roteiro, Melhor Ator e Ator Coadjuvante.

Trailer do filme: