Musical com Paulinho Moska e Vera Holtz estreia no Rio em março

Ao som de Raul Seixas, “Merlin e Arthur, Um Sonho de Liberdade” estreia em março no Rio e traz uma inovação artística criativa: as linguagens do teatro, cinema e design serão utilizadas pela primeira vez juntas no teatro musical

por

11 de março de 2019

(Fonte: Divulgação oficial)

Em 2019, a Aventura, produtora especializada no mercado teatral de musicais, completa dez anos e brinda o público com mais uma montagem inovadora: ao som de Raul Seixas “Merlin e Arthur, Um Sonho de Liberdade”. Apresentado pela Bradesco Seguros e patrocinado pela Riachuelo, o espetáculo tem estreia prevista para o dia 15 de março no Teatro Riachuelo Rio e conta ainda com a concepção e direção assinadas por Guilherme Leme Garcia.

Merlin 21134_camila_mira

Depois do sucesso de Romeu & Julieta, Guilherme traz uma proposta diferente: criar uma dimensão única para Merlin – um personagem que paira além dos atores, habita numa outra dimensão. Desafio que só seria possível se os elementos de linguagem cênica – iluminação, cenografia, videoprojeção – fossem pensados de forma complementar e coesa. Leme percebeu esta necessidade e instigou essa criação coletiva.

Juntou três profissionais com bagagens multidisciplinares. Convidou Camila Schmidt, arquiteta, artista plástica e cenógrafa; Anna Turra, designer multimídia, que costuma atuar cruzando iluminação, cenografia e vídeo no palco; e Roger Velloso, diretor de filmes e de projetos multimídia imersivos e videoartista, com uma longa carreira. “Nós três acabamos achando um espaço de interseção de experiências precioso, tornando o processo bem maior e mais rico do que se atuássemos separadamente em áreas estanques”, explica Roger.

O texto do espetáculo é de Márcia Zanelatto. Tem na ficha técnica nomes como Fabio Cardia e Jules Vandystadt na direção musical e de arranjos; Toni Rodrigues na direção de movimento e coreografia; e o premiadíssimo João Pimenta no figurino. O visagismo leva a assinatura de Fernando Torquatto. O cantor Paulinho Moska faz a sua estreia como ator de teatro musical, dando vida ao Rei Arthur.  Protagonizando a trama ainda, teremos nomes como como os das atrizes Larissa Bracher (Guinevere) e Vera Holtz ( que dará vida a Merlin de forma virtual – numa nova tecnologia, com telas especiais), além de Gustavo Machado no papel de Lancelot.

Marcia, que já trabalhou junto com Guilherme em três peças teatrais, conta qual foi a maior provocação que sentiu nesse novo trabalho: “Eu acho muito impressionante o tamanho do trabalho da equipe da Aventura. É muito impactante pra mim, que comecei a escrever pela poesia e a maioria das minhas peças são peças de câmara, intimistas. Por isso, imaginar uma plateia de mil pessoas, uma produção com mais de uma centena de profissionais, me dava vertigem. Eu achava que não conseguiria. Esse caminho que faz algo tão íntimo se tornar grandioso é o Gui quem está me ensinando. Eu não saberia fazer isso sem ele”.

Sobre o espetáculo

Com vinte e cinco músicas do repertório de Raul Seixas, cuja morte completa trinta anos em 2019, a montagem traz inúmeros efeitos especiais. A história se passa na cidade de Camelot e é contada em duas fases, com o elenco se dividindo na interpretação dos papéis mais jovens e nos dias mais recentes. O amor e a busca pela liberdade são os temas centrais desse musical, contado na história de Arthur, Guinevere e Lancelot, e é permeado pelas batalhas, conquistas, intrigas e paixões, além da famosa formação da Távola Redonda.

Merlin 20268_camila_mira

Quem dá vida a Merlin, que aparecerá através de imagens, é a atriz Vera Holtz, atualmente uma celebridade do mundo virtual (os posts dela no Instagram recebem milhares de curtidas). Ela estará em cena sempre de forma virtual.

“Como contracenar com esse personagem que está em outra dimensão, que participa do espetáculo e se estabelece numa relação com a história do rei Arthur? Esse é o grande desafio em dar vida a Merlin. Na realidade, é a condução da entrada desse personagem em cena”. Vera é considerada hoje uma das maiores artistas brasileiras. Já faturou inúmeros prêmios teatrais, como Shell, Mambembe, Sharp, Contigo, Qualidade Brasil, Extra, Quem e Melhores do Ano.

O universo medieval da luta e da magia estará em cena, e é incrivelmente contemporâneo. “Apesar de ser uma lenda muito antiga e conhecida no mundo inteiro, eu e Marcia fizemos questão de colocar um paralelo entre a história da fundação da Távola Redonda e os tempos que vivemos hoje, no Brasil e no mundo. Então, é uma peça muito atual. Fala muito, política e socialmente, do momento em que estamos vivendo”, afirma Guilherme Leme. “A nossa maior riqueza é a nossa diversidade” afirma o personagem Rei Arthur em determinado trecho do espetáculo. Em outro momento, diz: “Você pode descobrir tarde demais que não há limites para a barbárie”.

O cantor Paulinho Moska dá vida, também como ator, a seu primeiro personagem no teatro musical, mas já assumiu a função antes de ser conhecido por soltar a voz. Formado na CAL, ele participou de filmes de grandes diretores nos anos 1980. “É o primeiro protagonista que eu faço em cima do palco. Todas as minhas atuações em cinema e no teatro, sempre foram como coadjuvante. Então, eu nunca tinha tido uma responsabilidade com um espetáculo desse porte. O desafio me encoraja muito, mas a ideia da história toda girar em torno do meu personagem é um pouco amedrontadora. Acabei de lançar um disco chamado “Beleza e medo”, em que destaco o fato de que a beleza e o medo são um pouco retroalimentados um pelo outro. Se não houvesse beleza no mundo a gente não teria medo de perdê-la e se a gente não sentisse medo a gente também não teria a necessidade de criar beleza, produzir beleza, ver beleza nas coisas”, comenta sobre a nova experiência. 

Merlin 20445_camila_mira

O visual da peça fica a cargo de João Pimenta nos figurinos e de Fernando Torquatto no visagismo de “Merlin e Arthur, Um Sonho de Liberdade”. Torquatto explica as referências que usou: “Toda concepção é absolutamente inédita. Cenicamente muito sofisticada e com uma visão contemporânea. Trata-se de uma lenda clássica, onde bebemos na fonte das referências de época, mas de forma moderna. Particularmente, a atriz Vera Holtz, como o mago Merlin nos deu um desafio extra. Criamos um ser atemporal, sem gênero definido e que também usou a essência da atriz para que ela vestisse essa imagem, com naturalidade. Considero um trabalho sutil e ao mesmo tempo muito forte”.  “A trilha do espetáculo tem uma linguagem bastante cinematográfica. Eu e o Fabio Cardia estamos indo fundo nas experimentações para apresentar uma sonoridade que flerta com a magia, com o fantástico, com o transcendente”, complementa o diretor musical e de arranjos, Jules Vandystadt.

Larissa Bracher debuta como cantora nesse espetáculo, onde vive a segunda fase de Guinevere (a primeira é vivida pela atriz Natália Glanz). Larissa fez trabalhos na TV em novelas, como “A Regra do Jogo”, “I Love Paraisópolis”, “Maçhação” e “Cheias de Charme”. Trabalhou com Marcia Zanelatto e Guilherme Leme Garcia no monólogo na “Ocupação Rio Diversidade”. Foi dirigida ainda por Guilherme em “Trágica.3” e “RockAntígona”. Tem no cantar seu mais novo desafio. O ator Gustavo Machado dará vida à Lancelot. Rosto conhecido do cinema e da TV, acabou de aparecer no especial “Elis” da TV Globo, como Ronaldo Bôscoli. No teatro, atuou em espetáculos como “Razões Para Ser Bonita” e “A Reunificação das Duas Coreias”, ambos dirigidos por João Fonseca, estão entre seus trabalhos mais recentes.

Kacau Gomes e Patrick Amstalden completam o time de protagonistas interpretando o genial casal do mal, ao mesmo tempo ardiloso e cômico.

O elenco da superprodução conta ainda com nomes como Rodrigo Salvadoretti, Natália Glanz, Saulo Sagreto, Gabi Porto, Ubiracy Brasil, Santiago Villalba, Fernanda Gabriela, Daniel Haldar, Oscar Fabião, Laíze Câmara, Thainá Gallo, Dennis Pinheiro, Renato Caetano, Paola Poliny, Leonan Moraes, Carol Pita e Félix Boisson. Entre as músicas que estarão no repertório de “Merlin e Arthur, Um Sonho de Liberdade” sucessos como “Gita”, “Maluco Beleza”, “Mosca na Sopa”, “A Maçã” e “Metamorfose Ambulante”, além de outras canções que compõem o repertório do cantor e ajudam a narrar essa história, que chega para encantar a todos. 

 

Ficha Técnica:

Concepção e direção: Guilherme Leme Garcia

Texto: Márcia Zanelatto

Elenco: Vera Holtz, Paulinho Moska, Larissa Bracher, Gustavo Machado, Patrick Amstalden, Kacau Gomes, Rodrigo Salvadoretti, Natália Glanz, Saulo Segreto, Gabi Porto, Ubiracy Brasil, Santiago Villalba, Fernanda Gabriela, Daniel Haidar, Oscar Fabião, Laíze Câmara, Thainá Gallo, Dennis Pinheiro, Renato Caetano, Paola Poliny, Leonam Moraes, Carol Pita e Félix Boisson

Direção musical e arranjos: Fabio Cardia e Jules Vandystadt

Direção de Movimento e Coreografia: Toni Rodrigues

Set design, cenografia, iluminação e videodesign: Anna Turra, Camila Schmidt e Roger Velloso

Figurino: João Pimenta

Visagismo: Fernando Torquatto

Desenho de som: Carlos Esteves

Produção de elenco: Marcela Altberg

Personagens: Merlin, Arthur, Guinevere,  Lancelot, Dreadmor, Anamorg, Arthur jovem, Guinevere jovem e Lancelot jovem

Serviço:

Merlin e Arthur, Um Sonho de Liberdade

Funcionamento da bilheteria: Terças e quartas das 12h às 20h, de quinta a domingo das 12h até 1 hora após o início do espetáculo.

Capacidade: 1.000 pessoas

Venda de ingressos: Bilheterias do teatro, internet (www.ingressorapido.com.br), aplicativo e loja Riachuelo Ipanema.

Atendimento via telefone: Terça a sábado de 13h às 20h – (21) 3554-2934 / 2533-8799

Tempo de Duração: 2h15min + 15 minutos de intervalo

Capacidade do Teatro: Teatro Riachuelo – 1000 lugares

 Classificação Indicativa: Livre

Temporada – de 15 de março de 2019 a 26 de maio de 2019

Teatro Riachuelo – de sexta a domingo:

Sexta-feira – 20h
Sábado – 16h e 20h
Domingo – 18h

Lembrete: Preços especiais de pré-venda: Na semana de estreia do espetáculo – 15, 16 e 17 de março –  o valor do ingresso terá um desconto de 50%

Preços:

Sexta

Plateia VIP – R$ 140,00 

Plateia – R$ 120,00 

Balcão Nobre – R$ 100,00 

Balcão – R$ 50,00

Sábado e Domingo

Plateia VIP – R$ 160,00 

Plateia – R$ 140,00 

Balcão Nobre – R$ 120,00 

Balcão – R$ 50,00

Circuito Cultural Bradesco Seguros

Manter uma política de incentivo à cultura faz parte do compromisso do Grupo Bradesco Seguros com a conquista da longevidade com qualidade de vida, considerando a cultura como ativo para o desenvolvimento dos capitais do conhecimento e do convívio social. Nesse sentido, o Circuito Cultural Bradesco Seguros se orgulha de ter patrocinado e apoiado, nos últimos anos, em diversas regiões do Brasil, projetos nas áreas de música, dança, artes plásticas, teatro, literatura e exposições, além de outras manifestações artísticas.

Dentre as atrações realizadas recentemente, destacam-se os musicais Bibi – uma vida em musical, Bem Sertanejo, Les Misérables, 60 – Década de Arromba, Cinderella, Chacrinha, O Musical, Elis – A Musical, A Família Addams, O Rei Leão e Wicked, além da Série Dell’Arte Concertos Internacionais, Ballet Zorba, O Grego e a exposição inaugural da Japan House, Bambu – histórias de um Japão.

Para conhecer o calendário do Circuito Cultural Bradesco Seguros, acesse www.bradescoseguros.com.br, clique na opção Outros Portais e Circuito Cultural.