Noite de abertura do VII Olhar de Cinema em Curitiba

Festival de Cinema de Curitiba começou com filas homéricas e ingressos disputados

por

07 de junho de 2018

Noite de abertura do VII Olhar de Cinema – Curitiba Int’l Film Festival com a exibição do filme “Djon África” de Filipa Reis e João Miller Guerra, coprodução entre Portugal / Brasil / Cabo Verde

Com a palavra, o curador Antônio Junior:

Ano de crise. Recessão. Crise do combustível. Greves. Festivais de cinema…??!!!
Siiiiiiiiiiimmmmmmmm. Sem cultura tudo se repete numa espiral de privação de consciência de direitos.
Então por muitos mais Festivais de Cinema lotadoooooooos como a abertura do VII Olhar de Cinema – Curitiba Int’l Film Festival está, mesmo com orçamento reduzido e crise em todos os departamentos que mais deveriam ter investimento público em prol do social.
Por mais Festivais de Cinema.
Parabéns aos herois da resistência por prover reflexão e senso crítico, em falta na política atualmente!

Fila histórica de abertura do VII Olhar de Cinema – Curitiba Int’l Film Festival. Ingressos disputados na raça, e que o Festival cortou um barato para conseguir atender a todes, mas conseguiu 😍🎬🎬🎬
#OlhardeCinema #OlhardeCinema2018 #LulaLivre

Os diretores Filipa Reis e João Miller Guerra também falaram umas palavrinhas para introduzir o filme:

A produção do Festival e do filme ainda disponibilizou um brinde temático da obra, com tiragosto e amostra da bebida típica de Cabo Verde que chamam de grogue (uma cachaça mais concentrada):

20180606_224952 20180606_220953