O garoto da casa ao lado

Jennifer Lopez interpreta uma professora perseguida por um aluno.

por

26 de março de 2015

Jennifer Lopez é uma das mulheres mais poderosas da indústria do entretenimento. Se é possível questionar a qualidade de suas investidas na música e no cinema, o mesmo não pode ser dito do sucesso do sucesso de suas empreitadas, que sempre lhe renderam dinheiro e fama, tornando-a um ícone latino dentro de um business tipicamente norte-americano. Talvez como um contraponto à vida indiscutivelmente bem sucedida que alcançou, Lopez nutre grande simpatia por papéis de mulheres sofridas, vítimas de algum tipo de abuso. Foi assim em “Nunca mais” (2002), quando interpretou uma esposa que aprende artes marciais para se defender do marido violento, e em “Um lugar para recomeçar” (2005), em que vive uma mãe viúva que foge de casa com a filha para escapar do namorado igualmente abusivo.

O garoto da casa ao lado

O garoto da casa ao lado

Em “The boy next door” (no original), ela retorna ao estereótipo no papel de Claire Peterson, professora de literatura da escola de uma pequena cidade. Traída pelo marido, ela se deixa seduzir por um belo jovem recém-chegado à vizinhança, seu futuro aluno Noah (Ryan Guzman). Arrependida, Claire decide interromper o relacionamento ainda incipiente, despertando a psicopatia do rapaz.

O garoto da casa ao lado

O garoto da casa ao lado

Pouco afeito às tramas de suspense, o diretor Rob Cohen, mais conhecido por filmes de ação como “Velozes e furiosos” (2001) e “Triplo X” (2002), busca referendar sua obra em longas marcantes do gênero. A referência mais óbvia é “Atração fatal” (1987), de Adrian Lyne, mas há espaço também para “Janela indiscreta” (1954) e “Psicose” (1960), de Alfred Hitchcock, e até para a “Ilíada”, de Homero, que aproxima os antagonistas e sinaliza o que está por vir. O filme investe, ainda, em alguns clichês do gênero para evidenciar a sensação de aprisionamento da protagonista, como a profundidade de campo reduzida, o grande número de closes e o seu enquadramento em um dos cantos do plano em várias passagens, como se estivesse encurralada.

O garoto da casa ao lado

O garoto da casa ao lado

Embora o cenário da trama seja bem construído, o resultado é decepcionante, pois o conjunto da obra é caricato e previsível, causando mais embaraço do que tensão. Ainda assim, “O garoto da casa ao lado” é mais uma prova do sucesso inabalável de Jennifer Lopez. Produzido a um custo de US$ 4 milhões, o filme já faturou mais de US$ 30 milhões mesmo antes de sua estreia mundial, provando que, de frágil, Jennifer não tem nada.

  • O garoto da casa ao lado
  • O garoto da casa ao lado
  • O garoto da casa ao lado

O garoto da casa ao lado (The boy next door)

Estados Unidos, 2015, 91 minutos.

Direção: Rob Cohen

Com: Jennifer Lopez, Ryan Guzman, Ian Nelson, John Corbett e Kristin Chenoweth.


Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/almanaquevirtual/www/wp-content/themes/almanaque/single.php on line 52