Obsessão

Suspense com Isabelle Huppert tinha tudo para ser ótimo, mas se perde pelo caminho

por

18 de junho de 2019

O recente “Ma”, thriller estrelado por Octavia Spencer, traz uma mulher solitária que começa a perseguir seus novos e muito mais jovens “amigos”, após eles perceberem que havia algo de errado com ela. “Obsessão” parte da mesma premissa, trazendo Isabelle Huppert no papel de uma solitária viúva que se torna amiga da jovem e ingênua Frances (Chloë Grace Moretz), que perdeu a mãe recentemente e não sabe o mal que a simpática senhora lhe reserva.

Widow_10.11_00014.ARW

Com roteiro de Ray Wright (“Caso 39” e “A Epidemia”) e Neil Jordan (“Entrevista Com o Vampiro”), que assume também a direção, o longa tinha tudo para ser um ótimo suspense, mas acabou se juntando ao seu colega “Ma” na lista de filmes que não são ruins nem grande coisa. O enredo de “Greta” (no original) é um tanto quanto óbvio e abusa da ingenuidade da jovem vítima para criar situações de perigo coordenadas pela psicopata Greta, belissimamente interpretada por Isabelle Huppert, que é quem eleva o nível do filme e protagoniza uma ótima e debochada cena de dança e uma sequência de perseguição que se desenvolve toda através de celulares. Chloë Grace Moretz bem que se esforça, mas diante do talento de Huppert entrega uma atuação apagada e, em alguns momentos, meio forçada. O mesmo pode-se dizer de Maika Monroe, que interpreta sua amiga Erica, com quem divide apartamento em Manhattan.

ww_1_286.ARW

A direção de Jordan até proporciona ao público bons momentos de suspense, mas peca na direção de atores, com exceção de Huppert, que já se dirige sozinha a essa altura do campeonato. Há certo exagero desnecessário nas falas e nos atuações que vão cansando ao longo da trama até as reviravoltas do terceiro ato, que também são marcadas pela clássica burrice/lerdeza dos personagens para que a vilã tenha mais tempo em tela. “Obsessão” não tem nada de novo, porém mostra com alguma competência as consequências extremas e bizarras da solidão profunda de uma mulher desequilibrada.

 

Obsessão (Greta)

EUA – 2018. 100 minutos.

Direção: Neil Jordan

Com: Chloë Grace Moretz, Isabelle Huppert, Maika Monroe e Stephen Rea.

Avaliação Raíssa Rossi

Nota 3