Os Maias – Cenas da Vida Romântica

por

11 de dezembro de 2014

Adaptações de livros para o cinema são sempre um grande desafio. Quando se aproxima demais da obra original, pode enfrentar dificuldades em transferir a história para outra mídia. Quando se afasta demais, corre o risco de incomodar os fieis leitores. E quando esse livro é o aclamado romance de Eça de Queiroz, esse desafio se torna ainda maior. O diretor João Botelho decide pela fidelidade à obra original, sem abrir mão de algumas inovações.

OS-MAIAS-25

O filme conta a história de Carlos da Maia, um dos últimos integrantes da tradicional família Maia. Formado em medicina na Universidade de Coimbra e posteriormente educado numa longa viagem pela Europa, Carlos regressa a Lisboa. Nos 14 meses seguintes, nasce, cresce e morre a comédia e a tragédia de Carlos, assim como a tragédia e a comédia de Portugal.

tumblr_nbpc7rLahK1swm7xso1_1280

O filme começa com um narrador lendo o livro de Eça de Queiroz, deixando claro a prioridade e respeito do diretor. Esse narrador acompanha todo o filme, às vezes lendo trechos inteiros da obra, sobretudo nas passagens de tempo. Esse talvez tenha sido a solução menos criativa do diretor, já que a introdução excessiva desse recurso tornou alguns momentos didáticos ou muito expositivos, semelhante à série televisiva brasileira de 2001.

Captura-de-ecr+ú-2014-09-11-+ás-09.35.59

Entretanto, a preguiça na direção termina aí. Botelho é ousado ao adotar cenários exteriores pintados a mão que, além de conferir ao filme um ar teatral, aumenta a percepção da ilusão em que os personagens vivem. O uso das sombras e a escolha das cores também contribuíram para essa atmosfera melancólica, cômica e trágica.

0210

O filme, apesar de longo, transcorre em um ritmo agradável. O diretor acertou em quais trechos retirar do livro, de modo focar na evolução dos personagens e na trama principal. E as atuações da sempre competente Maria Flor e do surpreendente Pedro Inês ajudaram a conduzir o protagonista, por vezes vacilante, de Graciliano Dias.

0111

No fim, temos a sensação de termos visto um filme digno do livro que adapta. E, dada a obra original, isso não é pouca coisa.

 

Festival do Rio 2014 – Panorama do Cinema Mundial

Os Maias – Cenas da Vida Romântica

Portugal / Brasil, 2014. 137 min

De João Botelho

Com Maria Flor, Graciliano Dias, Pedro Inês, Rita Blanco, Ana Moreira

Avaliação Gabriel Gaspar

Nota 4