Parceria internacional para 36 projetos de co-produção da Berlinale

Parceria internacional de parceiros para 36 projetos de filmes no mercado de co-produção da Berlinale

por

12 de janeiro de 2018

Pela 15ª vez, o Mercado de Produção da Berlinale (17 a 21 de fevereiro de 2018) dará aprox. 550 produtores e financiadores são a oportunidade de formar novas parcerias. A seleção atual compreende 36 novos projetos de longa-metragem que estão à procura de co-produtores.

Além disso, cinco empresas de produção de alto perfil serão introduzidas no exclusivo programa “Empresa de Correspondência”.   Os co-produtores interessados, os agentes de vendas mundiais, os distribuidores, os organismos de radiodifusão, os fundos cinematográficos e os financiadores de todo o mundo se reunirão em Berlim em mais de 1.200 encontros pré-programados one-on-one com os produtores dos projetos selecionados de um total de 28 países.

Cada reunião será organizada com base em necessidades específicas de parceria para cada projeto.   O sucesso desta combinação de correspondência pode ser visto nos mais de 260 filmes completos que resultaram dos mercados dos anos anteriores. Dois filmes que emergiram dos anteriores mercados de co-produção já foram confirmados para a seção Competição da próxima Berlinale – Figlia mia (Daughter of Mine), dirigida por Laura Bispuri e Mein Bruder heißt Robert und ist ein Idiot de Philip Gröning.   Para o mercado de 2018, 21 projetos de longa-metragem promissores, com orçamentos variando de 750.000 a seis milhões de euros, foram selecionados de 326 inscrições.

Os projetos, que serão apresentados por produtores com experiência internacional, já têm suporte de produção de seus países de origem, ou financiamento de pelo menos 30% no local.   Dois outros projetos cinematográficos participarão do CineMart Rotterdam e do Mercado de Produção da Berlinale como parte do “Rotterdam-Berlinale Express”.

images
Na parte dos “Diretores da Berlinale” do mercado, serão introduzidos três projetos promissores de diretores cujos trabalhos já foram vistos no festival; esses projetos estão nos estágios iniciais da busca de parceiros de co-produção e financiamento.

E o “Talent Project Market”, organizado em cooperação com a Berlinale Talents, dará a dez novos produtores a chance de apresentar seus projetos, que foram selecionados de mais 142 inscrições nessa categoria.

17 dos projetos selecionados para o mercado de co-produção da Berlinale têm mulheres ao leme, o que significa que as diretivas do sexo feminino representam quase 50%. Eles incluem diretores bem conhecidos, como Aisling Walsh (Maudie) e Anna Muylaert, que já tiveram filmes no festival, Katrin Gebbe (Nothing Bad Can Happen) e Franka Potente, cujos produtores estão à procura de oportunidades de co-produção para a estréia oficial do ator.

Outros diretores proeminentes com projetos no mercado incluem Todd Solondz, Mohsen Makhmalbaf, Koen Mortier, Boris Khlebnikov e Andreas Dalsgaard.   Além dos encontros com potenciais parceiros, os produtores dos projetos selecionados têm a chance de ganhar prêmios de alto nível, dotados de várias entidades, como o Prêmio de Desenvolvimento de Co-Produção da Eurimages (20.000 euros), o Prêmio VFF Talent Highlight Award (10.000 euros) e o Prêmio Internacional ARTE (6.000 euros).   Os 550 participantes também podem pedir reuniões com quatro empresas da Alemanha, França, Uruguai e Líbano no âmbito do programa “Correspondência de empresas”, com o objetivo de discutir relacionamentos estruturais ou uma ardósia de produção, e potencialmente estabelecer cooperações de longo prazo.

Um extenso programa de barra lateral também proporcionará aos produtores participantes chances de rede e obter informações atualizadas sobre os problemas de produção atuais.   Os principais parceiros do mercado de co-produção da Berlinale são MDM – Mitteldeutsche Medienförderung e Creative Europe – Programa MEDIA da União Européia.

O mercado de co-produção da Berlinale é parte do European Film Market. A Câmara dos Deputados de Berlim (Abgeordnetenhaus) é mais uma vez parceiro e o principal evento; Está diretamente em frente ao Martin-Gropius-Bau, que abriga o European Film Market.   A seleção oficial de projetos para o mercado de coprodução da Berlinale 2018 (em ordem alfabética pela empresa de produção):


– The Hole in the Fence (D: Joaquín del Paso), Amondo Cine, Mexico

– The Woman With the Gun (D: Yorgos Servetas), Argonauts Productions, Greece
– Home (D: Franka Potente), Augenschein Filmproduktion, Germany
– Nobody Likes Me (D: Tomas Weinreb, Petr Kazda), Black Balance & Love.Frame 
& Arizona Productions, Czech Republic / France

– Haunted (D: Koen Mortier), Czar Film & TV, Belgium

– Motel Acacia (D: Bradley Liew), Epicmedia Productions & Potocol, Philippines / Singapore

– Dr. Glas (D: Aisling Walsh), Fantastic Films & Makar Productions, Ireland / United Kingdom

– The Sound of Animals Fighting (D: Sibs Shongwe-La Mer), Fireworx Media, South Africa / Brazil

– Three (D: Juanjo Giménez), Frida Films, Spain

– My Camino (D: Louise Archambault), Item 7, Canada

– Pelican Blood (D: Katrin Gebbe), Junafilm, Germany

– The Siren (D: Sepideh Farsi), Les Films d’Ici & Lunanime, France / Belgium
– An Empty Goal (D: Sergio Castro), Manufactura de Películas & Bigbonsai, Chile / Brazil
– The War Has Ended (D: Hagar Ben Asher), Match Factory Productions & Madants & Transfax, Germany / Poland / Israel

– Abdullah and His Sons (D: Esen Isik), Maximage, Switzerland

– Advantages of Travelling By Train (D: Aritz Moreno), Morena Films & Señor & Señora, Spain

– My First Time of Dying (D: Cristiane Oliveira), Okna Produções, Brazil

– I, Alex (D: İlker Çatak), Riva Filmproduktion, Germany

– Soul Hunter (D: Andreas Dalsgaard), Savage Productions, Ireland

– The Quarters (D: Todd Solondz, Anna Muylaert, Mohsen Makhmalbaf, Arsinée Khanjian), Six Island Productions & Green Productions & Impulse Pictures, Canada / Israel

– When I’m Done Dying (D: Nisan Dag), Solis Film, Turkey

“Berlinale Directors” projects:

 

– Doi Boy (D: Nontawat Numbenchapol), Anti-Archive & Mobile Lab Project, Cambodia / Thailand
– Three Minutes of Silence (D: Boris Khlebnikov), CTB Film Company, Russian Federation
– The Strangers of the Cold Mountain (D: Albertina Carri), El Borde, Argentina

“Rotterdam-Berlinale Express”:

 

– Mon legionnaire (D: Rachel Lang), Chevaldeuxtrois & Wrong Men, France / Belgium

– A White, White Day (D: Hlynur Pálmason), Join Motion Pictures & Snowglobe, Iceland / Denmark

 

“Talent Project Market” – projects and selected production talents (in alphabetical order by production company):


– Nudo Mixteco (D: Ángeles Cruz), Amard Bird Films (P: Paula Alamillo), Germany
– The Empty House (D: Rati Tsiteladze), ArtWay Film (P: Rati Tsiteladze), Georgia
– Mascot (D: Remy van Heugten), Bind (P: Joram Willink), Holland

– Lynx (D: Sharipa Urazbayeva), Filmstar.kz (P: Sharipa Urazbayeva) & Tandem Production, Kazakhstan / Germany
– Tropical Memories (D: Shipei Wen), Foolish Old Man Production (P: Jing Wang), People’s Republic of China

– Milk (D: Maya Kenig), Green Productions (P: Maya Fischer), Israel

– The Far Mountains (D: Mitra Tabrizian), Sonatine Films (P: Zadoc Nava), United Kingdom
– The Isle of the Demoiselle (D: Micha Wald), Stenola Productions (P: Anton Iffland Stettner), Belgium

– Flee (D: Jonas Poher Rasmussen), Sun Creature (P: Charlotte de la Gournerie) & Final Cut for Real, Denmark

– Sáve – The Last of the First (D: tba), The End (P: Khalid Maimouni), Norway

FONTE: Divulgação

Tradução: Almanaque Virtual e Filippo Pitanga