Premiados no 20° Festival do Rio

Troféu Redentor consagra "Tinta Bruta" como ficção e "Torre das Donzelas" como documentário

por

12 de novembro de 2018

Lista Completa de Prêmios na Noite de entrega do Troféu Redentor 2018 no 20° Festival do Rio l Rio de Janeiro Int’l Film Festival. Troféu Redentor consagra “Tinta Bruta” como ficção e “Torre das Donzelas” como documentário:

*Confira críticas de alguns dos principais filmes premiados da noite logo abaixo da lista

Júri da Première Brasil formado por Joelzito Araujo, Lucia Murat, Hebe Tabachnik, Thomas Ordonneau, Koby Gal-Raday

O MELHOR LONGA-METRAGEM DE FICÇÃO do Festival do Rio 2018 foi “Tinta Bruta”, de Marcio Reolon e Filipe Matzembacher.

FB_IMG_1541986035107

E o filme vencedor do prêmio de MELHOR LONGA FICÇÃO PELO VOTO POPULAR foi Deslembro, de Flavia Castro. #festivaldorio #riofilmfestival

FB_IMG_1541986041695

O filme vencedor do prêmio de MELHOR LONGA-METRAGEM DE DOCUMENTÁRIO foi Torre das Donzelas, de Susanna Lira. #festivaldorio #torredasdonzelas

FB_IMG_1541985272524

MELHOR DIREÇÃO DE DOCUMENTÁRIO – Susanna Lira, por Torre das Donzelas
MELHOR DIREÇÃO DE FICÇÃO – João Salaviza e Renée Nader Messora, por Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos
Menção Honrosa Direção de Documentário – Daniel Gonçalves, por Meu Nome é Daniel
MELHOR LONGA DOCUMENTÁRIO PELO VOTO POPULAR – Prêmio de Mídia Canal Curta no valor de 100 mil reais: Torre das Donzelas, de Susanna Lira

MELHOR ATOR – Shico Menegat, por Tinta Bruta, e Valmir do Côco, por Azougue Nazaré
MELHOR ATRIZ – Itala Nandi, por Domingo
MELHOR ATRIZ COADJUVANTE – Eliane Giardini, por Deslembro
MELHOR ATOR COADJUVANTE – Bruno Fernandes, por Tinta Bruta

MELHOR ROTEIRO – Filipe Matzembacher, Marcio Reolon por Tinta Bruta
MELHOR FOTOGRAFIA – Renée Nader Messora, por Chuva é Cantoria na Terra dos Mortos
MELHOR MONTAGEM – André Sampaio, por Azougue Nazaré
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI (com apresentação de Lúcia Murat) – Azougue Nazaré, de Tiago Melo

Vencedores do Troféu Redentor de Melhor Curta pelo VOTO POPULAR foi “Você não me conhece”, de Rodrigo Séllos. E MELHOR CURTA pelo juri do #FestivaldoRio foi “O Órfão”, de Carolina Markowicz.

O júri da Mostra Novos Rumos foi composto por Tatiana Leite, produtora, Babu Santana, ator e João Luiz Vieira, professor doutor. E os premiados foram:

MELHOR CURTA – “Lembra”, de Leonardo Martinelli
MELHOR FILME – “Ilha”, de Ary Rosa e Glenda Nicácio
PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI – “Inferninho”, de Guto Parente e Pedro Diogenes

PRÊMIO FELIX 2018
O juri, composto por Adriana L. Dutra, documentarista, Claudia Saldanha, mestre em artes visuais e diretora do Paço Imperial, Felipe Sholl, diretor e roteirista e Vicente de Mello, fotógrafo e curador, escolheu:

– Prêmio Especial do Júri: “Inferninho”, de Guto Parente e Pedro Diogene
– Melhor Longa Doc: “Obscuro Barroco”, de Evangelia Kranioti
– Melhor Longa Ficção: “Sócrates”, de Alex Moratto

O Prêmio Mostra Geração foi para “Shade – Entre bruxas e heróis”, de Rasko Miljkovic, filme da Sérvia em parceria com a Macedônia.

O troféu SUZY CAPÓ – Personalidade Felix do ano foi para Saulo Amorim, presidente nacional da Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas.

A FIPRESCI, que teve o júri composto por Eduardo Valente, Luciana Costa Almeida, Olivier Pelissone e Tatiana Trindade, premiou “Deslembro”, de Flavia Castro. #FestivaldoRio

*Confira críticas, entrevistas e matérias sobre alguns dos filmes ganhadores:

Melhor filme da Mostra Novos Rumos:

“Ilha” de Glenda Nicácio e Ary Rosa
(Coisa lindaaaaa. Ficou conhecido em Brasília como o Moonlight brasileiro)

Dos mesmos diretores do sucesso cult “Café com Canela”, este é outro dos filmes mais laureados no 51° Festival de Brasília, com os prêmios de melhor ator para Aldri Anunciação, melhor roteiro para Ary Rosa, e melhor filme de longa-metragem pelo júri do Prêmio Zózimo Bulbul.

Entrevista exclusiva do Almanaque Virtual com a diretora Glenda Nicácio:

http://almanaquevirtual.com.br/entrevista-com-glenda-nicacio-sobre-ilha/

Crítica do filme:

https://www.horizontesaosul.com/single-post/2018/09/21/A-IMAGEM-POR-TR%25C3%2581S-DA-IMAGEM

Melhor Documentário da Première Brasil:

“Torre das Donzelas” de Susanna Lira
(Filme político necessário)
Filme-resistência e de luta democrática que abocanhou o segundo prêmio mais importante do 51° Festival de Brasília: o Grande Prêmio do Júri oficial, o Troféu Candango de prata.

Crítica do filme:

http://almanaquevirtual.com.br/torre-das-donzelas/

Texto assinado pela diretora Emilia Silveira:

http://almanaquevirtual.com.br/consideracoes-sobre-torre-das-donzelas-por-emilia-silveira/

Debate sobre o filme:

http://almanaquevirtual.com.br/51o-festival-de-brasilia-debate-sobre-torre-das-donzelas-e-boca-de-loba/

Melhor filme de ficção na Première Brasil:

“Tinta Bruta” de Filipe Matzembacher e Marcio Reolon
(Vi em Berlim. Nossa!!! os diretores evoluíram da água pro vinho de Beira Mar pra esse aqui! Lindooooooo filme. Esteticamente e em termos de conteúdo. Ousado e sensual como muitos outros brasileiros não tiveram coragem nos últimos tempos. Acho q vai se tornar filme-fetiche de muita gente aqui, e digo isso no melhor dos sentidos)
Um de nossos filmes brasileiros que mais brilhou no Festival de Berlim, onde acabou abocanhando vários prêmios que este crítico que vos escreve, inclusive, previu: como prêmio Teddy de melhor filme de ficção da Competição na Mostra em que concorreu e o mesmo prêmio de fomento para ajudar na distribuição europeia que “Que Horas Ela Volta?” ganhou 2 anos antes. O filme também está na Competição principal da Première Brasil no Festival do Rio deste ano.

Crítica em vídeo em Berlim:

https://www.youtube.com/watch?v=wqcOxmbfOkU&t=7s

Prêmio de melhor atriz para Itala Nandi:

 

“Domingo” de Clara Linhart e Fellipe Barbosa

Filme bonito e bem atuado.

Debate com diretores:

http://almanaquevirtual.com.br/51-festival-de-brasilia-debate-dos-filmes-de-abertura/

Debates de “Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos”, ganhador de melhor direção em filme de ficção:

http://almanaquevirtual.com.br/20-festival-do-rio-debate-sobre-chuva-e-cantoria-na-aldeia-dos-mortos/

Fotos: Divulgação do Festival:

FB_IMG_1541986035107 FB_IMG_1541986041695 FB_IMG_1541982336380 FB_IMG_1541985272524 FB_IMG_1541982183987