Première do Lugar de Fala

Novo filme de Felipe Nepomuceno, responsável por séries como Sangue Latino do Canal Brasil

por

13 de dezembro de 2019

O documentário Lugar de Fala (Talking Heads), de Felipe Nepomuceno, terá nova exibição gratuita, dia 15/12 no MAM, às 13 horas, dentro da programação da Premiè

O documentário foi produzido pela Nepomuceno Filmes (produtora carioca de conteúdo audiovisual de Felipe e da produtora executiva Tereza Alvarez), realizado de forma totalmente independente, como ato de resistência e afirmação de meios de produção alternativos frente a realidade atual do cinema brasileiro.
Utilizando a câmera de um aparelho de telefone celular, nenhum recurso de iluminação artificial, e valendo-se de sua condição de estudante do Curso de Graduação em Direção Teatral na UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), Felipe Nepomuceno convidou mais de 70 estudantes, dos quais 32 estão no filme, para entrar em uma pequena sala do Departamento de Estética e Teoria do Teatro do Centro de Artes e Letras, e falar com total liberdade sobre suas vidas, pensamentos, sentimentos, memórias, e fazer performances musicais e teatrais, a partir de suas vivências na Universidade.
Assim, passagens de textos de William Shakespeare, Federico García Lorca, Lima Barreto e Hilda Hilst, se emaranham com falas extremamente pessoais dos alunos e alunas, trazendo a tona temas como racismo, machismo, homofobia, transfobia, assédio, além de um questionamento sobre o sistema educacional do Brasil e o dia-a-dia dos estudantes, em uma sociedade cujo conservadorismo e ódio representam constante ameaça e censura às suas existências.
Em “Lugar de Fala”, não é apenas o conceito proposto por autoras como Frances Gages, Lélia Gonzalez e Djamila Ribeiro que orienta a narrativa. A oportunidade de estar em um espaço seguro para falar livremente sobre suas vivências e percepções do mundo, foi o grande catalisador desse filme-diálogo.
“Fazer este filme foi uma prática de escuta e aproximação, transformadora em muitos sentidos. As pessoas falavam muito próximas de mim, a menos de um metro de distância da câmera – um aparelho de celular em um tripé. Estávamos sempre sozinhos, nessa pequena sala, e essa intimidade acabou revelando muito do universo particular de cada um. Procurei interferir nas narrativas o mínimo possível, muitas vezes fazendo as perguntas com uma única palavra. “Universidade”, por exemplo. Perguntas minimalistas tem o poder de produzir repostas íntimas.” Conclui Felipe.

Sobre do diretor
FELIPE NEPOMUCENO nasceu em São Paulo em 1975. Estudou na New York School of Visual Arts. Escreveu diversos livros de poesia, incluindo a antologia “Mapoteca”. Dirigiu e produziu mais de 30 curtas-metragens e vários DVDs de música. Criou séries para TV (“Estúdio 66”, “Sangue Latino”, “Janelas Abertas”, “A Arte do Encontro”). Em 2018, estreou seu primeiro longa-metragem, “Eduardo Galeano Vagamundo”. “Lugar de Fala” (2019) é o seu segundo longa-metragem.

Sobre a Produtora Nepomuceno Filmes.
Produtora fundada em 2013 por Tereza Alvarez e Felipe Nepomuceno.    Produziu os DVDs “Atento aos Sinais Vivo” (2014) e “Bloco na Rua” (2019), de Ney Matogrosso. Produziu também os curtas-metragens: “A incrível volta ao mundo do tricolor suburbano” (2013), “Caetana” (2014) e “Estrondo” (2019), exibidos nos festivais: É Tudo Verdade, Festival do Rio, Curta Cinema e Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano (Cuba), entre outros.
Realizou as séries: “Sangue Latino”, “Contradança”, “A Arte do Encontro”, “Janelas Abertas” e “26 Poemas Hoje”, para o Canal Brasil.
Em 2018, estreou o longa-metragem “Eduardo Galeano Vagamundo”, exibido em mais de 20 festivais internacionais.
Em 2019, lança na Mostra Geração do Festival do Rio seu segundo longa-metragem, “Lugar de Fala”.

Lugar de Fala (Talking Heads), de Felipe Nepomuceno, 71 min – RJ
Direção, montagem, fotografia e som direto: Felipe Nepomuceno
Produção: Tereza Alvarez
Finalização de imagem: Marmo Entretenimento
Finalização de áudio: Audiorama Filmes
Empresa produtora: Nepomuceno Filmes
Première de ‘M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida’, de Jeferson De, acontece hoje no Festival do Rio
DIRETOR E ELENCO RECEBEM CONVIDADOS E PÚBLICO NO ESTAÇÃO NET GÁVEA, PARA A SESSÃO DAS 21H40. VEJA TEASER TRAILERS
“M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida”, dirigido pelo cineasta Jeferson De (do premiado “Bróder”), terá a primeira exibição ao público, durante o Festival do Rio, hoje, 13 de dezembro, com a presença de elenco e equipe do filme, às 21h40, no Estação Net Gávea.  Outras exibições estão marcadas para os dias 14 (no Odeon, seguida de debate) e 15. Todas elas terão ingressos à venda para o público. O filme concorre ao troféu Redentor na categoria Longa de Ficção.
Produzido pela Migdal Filmes, o longa, baseado no livro homônimo de Salomão Polakiewicz, conta a história de Maurício. Na primeira aula de anatomia, ele é apresentado a M-8, corpo que servirá para estudo dele e dos amigos durante o primeiro semestre. Impactado por aquele cadáver jovem e negro que, aparentemente, ninguém sabe ou se pergunta como foi parar lá, ele dá início a uma jornada permeada de mistério e realidade, enfrentando suas próprias angústias para desvendar a identidade do rapaz. Além de refletir sobre preconceito e exclusão, o filme toca em questões universais sobre sentimentos e relacionamentos.
Veja teaser trailers recém-divulgados aqui.
“Quando fui convidado pela Iafa (Britz) para fazer o filme, me identifiquei muito com a história: também fui o único aluno negro no curso de Cinema”, conta o diretor, Jeferson De. “Ser um diretor negro e ter a oportunidade de abordar o tema livremente, coloca essa produção como um modelo. Estamos fazendo história no Cinema Brasileiro”, complementa o cineasta.
Protagonizado por Juan Paiva, o elenco conta ainda com Giulia Gayoso, Bruno Peixoto, Fábio Beltrão, Mariana Nunes, Zezé Motta, Ailton Graça, Alan Rocha, Rocco Pitanga, Dhu Moraes, Léa Garcia e Raphael Logam, como M-8. Lázaro Ramos, Henri Pagnoncelli e Malu Valle fazem participações especiais.
Além da direção, Jeferson De também assina o roteiro do longa, ao lado de Felipe Sholl. A produção é de Iafa Britz e Carolina Castro. “M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida” tem lançamento apontado para dia 7 de maio de 2020, com distribuição da Paris Filmes/Downtown Filmes.

SERVIÇO:
Quando: 13/12 (sexta-feira), às 21h40
Onde:  Estação Net Gávea – Rua Marques de São Vicente, 52, Gávea
Quando: 14/12 (sábado), às 16h – sessão seguida de debate
Onde:  Cinema Odeon – Praça Floriano, 7, Centro
Quando: 15/12 (domingo), às 21h30
Onde: Kinoplex São Luiz – Rua do Catete, 311

SINOPSE:
“M-8 – Quando a Morte Socorre a Vida”, dirigido pelo cineasta Jeferson De (do premiado “Bróder”), é baseada no livro homônimo de Salomão Polakiewicz e conta a história de Maurício (Juan Paiva), um calouro da prestigiada Universidade Federal de Medicina, filho de Cida (Mariana Nunes), uma auxiliar de enfermagem, que dá duro para ver seu filho entrar pra faculdade . Em sua primeira aula de anatomia, Maurício é apresentado a M-8 (Raphael Logam), corpo que servirá para estudo dele e dos amigos durante o primeiro semestre. Em uma jornada permeada de mistério e realidade, Mauricio enfrenta suas próprias angústias para desvendar a identidade desse rosto desconhecido.

Para download  do cartaz, e fotos  https://drive.google.com/open?id=1xDru18T7eIKMe4fbNguVpqviKy7IpRp3

ELENCO
Maurício – Juan Paiva
M-8 – Raphael Logam
Cida – Mariana Nunes
Suzana – Giulia Gayoso
Domingos – Bruno Peixoto
Gustavo – Fábio Beltrão
Ilza – Zezé Motta
Sá – Ailton Graça
Sinvaldo – Alan Rocha
Dr. Djalma – Henri Pagnoncelli
Carlota – Malu Valle
Dona Angela – Léa Garcia
Mãe de Santo – Dhu Moraes
Salomão – Pietro Mario
Emília – Tatiana Tibúrcio
Motorista da Funerária – Lázaro Ramos
Marquinhos – Bernardo Dugin
Francisco – Sérgio Loureiro
Policial 1 – Higor Campagnaro
Policial 2 – Rocco Pitanga
FICHA TÉCNICA
Direção: Jeferson De
Produção: Iafa Britz e Carolina Castro
Roteiro: Jeferson De e Felipe Sholl
Colaboradores: Carolina Castro, Cristiane Arenas, Iafa Britz e Paulo Lins
Autor da obra original: Salomão Polakiewicz
Produtor executivo: Romulo Marinho Jr.
Diretor de Fotografia: Cristiano Conceição
Diretor de Arte: Daniel Flaksman
Figurinista: Cris Kangussu
Produtora de elenco: Marcela Altberg
Produtora associada: Buda Filmes
Patrocínio do BRDE/FSA-Ancine Investimento BB DTVM

Screenshot_20191213-121005_Yahoo Mail