Rock in Rio 2017: balanço do sexto dia

The Who e Guns N' Roses numa noite histórica.

por

24 de setembro de 2017

Desde o anúncio duplo de The Who e  Guns N’ Roses há alguns meses que a organização do Rock in Rio prometia uma noite épica. E foi!

Guns N' Roses no Palco Mundo (Foto: Divulgação - Crédito: Carolina Moura, Estacio).

Guns N’ Roses no Palco Mundo (Foto: Divulgação – Crédito: Carolina Moura, Estacio).

Com uma plateia ansiosa à espera destes dois gigantes, a Cidade do Rock começou o dia mais cheia que os anteriores. Era um público de diversas faixas etárias em completa comunhão com a música e seus ídolos, bem diferente do que foi observado no final de semana passado, marcado também pela preocupação em selfies e lives em redes sociais.

O “aquecimento” começou na Rock Street Dance e se espalhou por toda a Cidade do Rock e seus diversos palcos. No Sunset, o destaque foi Cidade Negra com Digitaldubs e Maestro Spok, agitando o público debaixo de sol forte.

A abertura do Palco Mundo ficou sob responsabilidade dos Titãs, num show que contou com protestos contra o atual governo. Em seguida, foi a vez do Incubus subir ao palco principal, oferecendo um espetáculo pesado que levou todos ao delírio.

The Who em show histórico no Palco Mundo (Foto: Divulgação - Crédito: Eugenio Laurenzano, Estácio).

The Who em show histórico no Palco Mundo (Foto: Divulgação – Crédito: Eugenio Laurenzano, Estácio).

Delírio, êxtase, incredulidade… São muitas as palavras que podem ser utilizadas para definir a reação da Cidade do Rock quando o The Who assumiu o Palco Mundo, dominando o público em poucos segundos. Foi um show memorável e que entrou para a história do Rock in Rio.

O encerramento coube ao Guns N’ Roses em sua formação original, concedendo a mesma experiência de novembro do ano passado, quando se apresentaram no Engenhão. Foi um show completo e de cerca de três horas de duração.