Rock in Rio 2017: Frejat e o velho rock invadem o Palco Mundo

Frejat abriu o Palco Mundo neste domingo, dia 17.

por

17 de setembro de 2017

A responsabilidade de abrir o Palco Mundo na noite deste domingo, dia 16, coube ao veterano Frejat, que fez sua estreia no festival na primeira edição, em 1985, ao lado de sua antiga banda, o Barão Vermelho.

Frejat cantou sucessos de sua antiga banda, o Barão Vermelho (Foto: Divulgação - Rock in Rio / Crédito: Eugênio Laurenzano - Estácio).

Frejat cantou sucessos de sua antiga banda, o Barão Vermelho (Foto: Divulgação – Rock in Rio / Crédito: Eugênio Laurenzano – Estácio).

Comemorando 35 anos de carreira, o músico levou para a Cidade do Rock
o show de sua nova turnê, “Tudo se Transforma”, com um repertório repleto de grandes sucessos, como “Pense e Dance”, “Bete Balanço”, “Exagerado” e “Ideologia”, as duas últimas popularizadas na voz de seu ex-parceiro Cazuza. A canção escolhida para o encerramento foi a clássica “Pro Dia Nascer Feliz”, que há várias edições levanta a plateia do Rock in Rio.

Assim como em outros shows de artistas e bandas nacionais, Frejat falou sobre a importância do projeto Amazonia Live, do Rock in Rio, e teceu críticas ao atual governo, sobretudo em relação à sua postura em relação à preserva da Amazônia.

Ao longo de uma hora, Frejat teve a Cidade do Rock aos seus pés ao invadir o Palco Mundo com seu rock brazuca e solos de guitarra executados com esmero. Foi uma apresentação que em muito remeteu aos seus tempos de Barão Vermelho.