Rock in Rio 2017: Jota Quest abre o Palco Mundo e fala sobre a situação do Rio

Grupo abriu o Palco Mundo nesta sexta-feira, dia 22.

por

22 de setembro de 2017

Responsável por um dos shows mais lembrados da edição de 2011, por causa da emoção de seu vocalista, Rogério Flausino, o Jota Quest colocou a Cidade do Rock inteira para cantar na noite desta sexta-feira, dia 22.

Jota Quest no Palco Mundo (Foto: Divulgação - Crédito: Wilmore Oliveira, I Hate Flash).

Jota Quest no Palco Mundo (Foto: Divulgação – Crédito: Wilmore Oliveira, I Hate Flash).

Escalado como banda de abertura do Palco Mundo, o grupo mineiro formado por Rogério Flausino (vocal e violão), Marco Túlio (guitarra), PJ (baixo), Paulinho Fonseca (bateria) e Márcio Buzelin (teclado) realizou mais uma apresentação vigorosa e com plateia ganha em pouquíssimos minutos, algo realmente difícil num evento da dimensão do Rock in Rio.

Por aproximadamente uma hora, o Jota Quest tocou alguns de seus maiores sucesso, como “Na Moral”, “Só Hoje” e “Fácil”, cantadas em coro.

Assim como aconteceu com outros artistas e bandas brasileiros, o show do Jota Quest contou com protestos contra o atual governo, por parte da plateia. A seriedade surgiu quando Rogério Flausino falou sobre a situação do Rio, que está enfrentando uma fase difícil, marcada pela violência, sobretudo nesta sexta-feira caótica.